Você já presenciou ou se viu em situações em que um produto milagroso — levando muitas pessoas a repetirem a mesma atitude? Isso é chamado de efeito manada.

O grande problema é que muitas pessoas seguem orientações sem o embasamento de análises precisas para conferir a viabilidade do produto. Quando voltamos os olhares para o mundo dos investimentos, esse efeito pode ser ainda mais danoso.

Neste artigo, mostremos um pouco mais sobre o conceito de efeito manada e por que você deve fugir dele. Acompanhe!

 

O que é o efeito manada?

O efeito manada é um fenômeno que pode acontecer em diversas situações e ambientes, inclusive na Bolsa de Valores e no universo dos investimentos como um todo. Um exemplo de como ele se manifesta, é quando uma pessoa se sente motivada a adquirir ações de uma companhia pelo simples fato de que outras pessoas as estão adquirindo.

Na psicologia, o efeito manada é identificado como uma tendência de comportamento que leva um indivíduo a repetir ações realizadas por outros, fazendo com que todos de um determinado grupo reajam da mesma maneira, por mais que não aja motivo real que explique tal comportamento.

Assim, pode-se dizer que ele ocorre devido àquela velha sensação que muitas pessoas têm de não quererem ficar para trás ou perder a chance de lucrar de alguma forma.

No entanto, a decisão sobre investir ou não em determinado ativo requer muitos estudos e análises prévios às tomadas de decisões, de modo que reduzam o risco e aumentem as possibilidades de se obter em suas aplicações.

Seguir uma manada sem ter a menor ideia do que se está fazendo, ou sem dados concretos em mãos, é uma atitude perigosa, visto que pode colocar em risco o seu capital.

 

Por que você deve fugir do efeito manada?

A grande verdade por trás do efeito manada é que ele é muito mais prejudicial do que parece, e você deve fugir disso sempre que notar que está seguindo por esse caminho. Como esse tipo de escolha não é embasado em dados concretos, as chances de se alcançar os resultados desejados diminuem drasticamente. Ou seja, existe um risco eminente que você acabe, na verdade, desperdiçando grandes oportunidades.

Pense que você tem uma quantia e deseja aplicar na Bolsa de Valores. Porém, em vez de procurar informações confiáveis quanto a determinados ativos ou mercados, você, simplesmente, segue uma onda de recomendações e oportunidades supostamente imperdíveis e lucrativas.

O resultado disso é muito simples: trata-se de um jogo de “cara ou coroa”, ou uma aposta com o seu próprio dinheiro. De fato, existem pessoas que podem acertar nas previsões e ganhar dinheiro com esse tipo de ideia. No entanto, a médio e longo prazo, seguir o efeito manada é totalmente inapropriado e arriscado.

Não é raro encontrar alguém que teve um ganho em uma tacada de sorte no mercado financeiro e, logo em seguida, perdeu todo o capital, tanto o que ganhou quanto o que investiu inicialmente, acreditando que a onda de sorte continuaria em sua vida.

Essas pessoas se esquecem de que investir não tem absolutamente nenhuma relação com os jogos de azar ou sorte. É um mercado vivo com pessoas altamente profissionais analisando esse comportamento diariamente e que sabem lidar com isso de forma inteligente.

O mercado financeiro comporta, no geral, profissionais, assim como também investidores iniciantes, que tomam decisões embasadas em fundamentos gráficos e no comportamento do mercado e da economia em si.
Contudo, pessoas que entram em operações ou mesmo no mercado financeiro apenas seguindo o efeito manada, acreditando na sorte ou na orientação de pessoas despreparadas, têm mais chances de alcançarem resultados indesejados, do que aqueles que estão mais atentos a fatos que movimentam o mercado.

 

Como escapar desse tipo de situação?

Agora que você entendeu o efeito manada e os riscos que ele pode gerar ao seu patrimônio e à sua saúde financeira, é importante saber como agir para escapar de forma definitiva desse tipo de situação. Continue lendo!

 

Manter os seus objetivos sempre em foco

Inicialmente, é importante que você tenha os seus objetivos de curto, médio e longo prazo sempre muito bem definidos e refletidos em sua carteira de investimentos.

Antes de fazer qualquer tipo de aplicação, é fundamental que você pare e pense: “o que eu tenho a ganhar com esse investimento e quanto eu estou disposto a arriscar, caso a análise esteja equivocada”. Isso se chama controle de risco.

Pessoas com sucesso no mercado financeiro sempre fazem esse tipo de verificação para saber se o risco — inerente ao ativo ou mercado analisado – está de acordo com as possibilidades de ganho, observadas previamente e, principalmente, com o seu perfil de investidor.

Com isso em mente, você estará mais preparado para observar se determinado movimento indica apenas se tratar de um efeito manada ou de uma real oportunidade para rentabilizar e diversificar ainda mais o seu capital.

 

Evitar agir por emoção

Outra dica importante — especialmente se você é um investidor iniciante — é evitar agir impulsionado pela emoção.

Acredite: quando uma pessoa vem para o mercado financeiro e enxerga o volume de capital que é transacionado a todo o instante na Bolsa de Valores, é natural que isso mexa de forma profunda com as suas emoções.

Até mesmo aqueles que se julgam mais racionais e críticos acabam se sentindo, em algum momento, motivados pela emoção de poder rentabilizar de forma significativa o seu capital.

Afinal, existem ativos que permitem que você trabalhe de forma alavancada, ou seja, que você movimente um volume financeiro consideravelmente maior que o capital que você tem em sua conta na sua corretora, ou banco de investimentos.

Essa possibilidade de ganho alavancado pode ser bastante atrativa, mas antes de optar por investimentos que utilizem esse instrumento, siga as dicas mencionadas no tópico anterior: sempre considere seus objetivos e, principalmente, no quanto pretende se expor ao risco, de acordo com seu perfil de investidor.

 

Questionar o senso comum

Outra dica interessante é questionar o senso comum. Ou seja, tenha sempre em mente: se determinada aplicação é realmente tão boa, por que será que outros profissionais do mercado financeiro não estão optando por inclui-la em suas carteiras?

Você precisa fazer esse questionamento quando perceber que pode estar entrando em um efeito manada. Questionar suas próprias ideias fará com que você tenha mais clareza e evite que o lado emocional fale mais alto nesses momentos.

Porém, é preciso ter cuidado com o ceticismo. Você não deve criar o hábito de acreditar que toda oportunidade está revestida por um risco maior de fazer você perder o seu capital. Afinal, existem casos em que determinadas aplicações, apesar de muito divulgadas ou comuns, podem mesmo gerar bons resultados.

Por isso a importância de se contar com análises de mercado e, sempre que possível, com o auxílio de um profissional.

Isso significa que você precisa questionar determinadas recomendações, mas estar aberto e atento às oportunidades reais que surgem constantemente no mercado financeiro.

 

Acompanhar as informações do mercado

Para conseguir encontrar essas oportunidades, é essencial que você acompanhe as informações do mercado. Isso pode ser feito consultando os sites de portais de notícias do mercado, bem como relatórios de análises de especialistas do mercado, divulgados em plataformas de investimentos.

Além de análises fundamentalistas e do mercado financeiro como um todo, você também pode contar com ferramentas de análises gráficas disponíveis em diversas plataformas de negociação.

 

Contar com ajuda profissional

Por fim, vale a pena contar com o auxílio de profissionais que estejam sempre atentos ao mercado e que, consequentemente saibam identificar mais facilmente quando pode se estar formando uma bolha ou um efeito manada.

Atualmente, bancos de investimentos mais modernos, como o modalmais, já oferecem tais serviços para seus clientes. Assim, você não precisa gastar o seu capital contratando um profissional exclusivo para você.

Se você seguir essas dicas, certamente evitará cair em um efeito manada, reduzindo seus riscos e aumentando suas chances de rentabilizar cada vez mais o seu capital

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam esse conceito e não caiam nesse movimento que pode ter efeitos devastadores para seus investimentos.

Quer começar a investir ainda hoje, abra a sua conta no modalmais e veja como podemos ajudá-lo.

Compartilhe-o esse conteúdo em suas redes sociais. E para não perder nenhuma novidade, assine nossa newsletter gratuita e fique por dentro dessa e de outras notícias.