Governo alterou projeção PIB 2017 de 1,6% pra 1,00%, por conta crédito escasso e caro