Alimentos desaceleram alta em agosto, mas representaram quase metade da alta de 0,45%