Agência Moody’s melhorou a classificação de risco da Petrobras para B2 vindo de B3