A Carteira Valor foi criada pelo jornal Valor Econômico, e funciona como uma carteira teórica baseada em recomendações de algumas corretoras, que participam dando, cada uma, suas indicações de carteiras mensais compostas por cinco papéis. O modalmais foi convidado a participar pela primeira vez em 2018 e não saiu mais.

Desde sempre selecionada com base em recomendações do nosso analista CNPI Pleno, Leandro Martins, em seu primeiro ano de participação, a carteira do modalmais encerrou o ano com rentabilidade acumulada positiva, o que se repetiu nos anos seguintes, em 2019 e até mesmo em 2020, ano marcado pela crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Em 2019, a carteira anual do modalmais, que é calculada mês a mês com base na variação média simples das ações, acumulou rentabilidade positiva de 93,53%, fechando o ano como a vencedora da Carteira Valor. Para se ter uma ideia, a segunda colocada naquele ano, chegou a 68,63% – uma rentabilidade expressiva, mas, ainda assim, distante do desempenho da carteira recomendada pelo modalmais.

De olho em tanto sucesso, e ciente da variedade de produtos que existem no mercado e se adequam a cada perfil de investidor, o modalmais lançou esse mês o fundo de investimentos Carteira Valor, um fundo inspirado nas recomendações de Leandro Martins para a carteira do Valor Econômico.

 

Continue a leitura e conheça mais sobre essa novidade!

 

Recomendações valiosas

Um fundo de investimento é um produto que, por si só, é bastante diversificado. Nele você investe em diversos ativos ao mesmo tempo, sem precisar destinar os recursos diretamente somente a um deles.

O mais interessante é que as carteiras desses fundos são geridas por profissionais de mercado certificados para isso. E não será diferente com o fundo Carteira Valor, que está devidamente de acordo com as regulamentações dessa categoria de investimentos.

Assim, apesar de ter como objetivo principal se basear na carteira recomendada por Leandro Martins, a escolha, ajustes e adequações da carteira que compõe o fundo, serão realizados sempre por um gestor profissional, que trabalhará constantemente em prol de possibilitar as melhores rentabilidades para os cotistas.

 

No ano, a carteira recomendada pelo modalmais ao Valor Econômico já acumula alta de 2,93%, mesmo diante de uma queda de 5,85% do Ibovespa, na apuração acumulada entre janeiro e fevereiro desse ano.

 

Apesar do sucesso da carteira de Leandro Martins, e das referências nessa carteira, vale lembrar que, seja o investimento direto nas ações, seja por meio de fundos de investimento, rentabilidades passadas não garantem rentabilidades futuras.

Para investir nesse fundo é muito simples. O primeiro passo é ter uma conta ativa no banco digital modalmais. Depois, você pode utilizar o site ou o aplicativo do modalmais para realizar o investimento.

O aporte inicial mínimo é de R$ 1 mil, sendo que os demais poderão ser feitos a partir de R$ 100. No caso do resgate desse investimento, o prazo de liquidação, ou seja, de conclusão para a conversão das cotas em recurso líquido em sua conta, é D+4, o equivalente a quatro dias úteis.

Além disso, você não precisa se preocupar com o pagamento de DARF sobre o rendimento dessa aplicação. No resgate, o IR é retido direto na fonte.

É importante conhecer também as taxas que incidem sobre esse investimento. A taxa de administração – que funciona como uma remuneração ao gestor pela prestação de seus serviços – será de 2% ao ano. Já no caso da taxa de performance, a taxa é de 20% sobre a rentabilidade que exceder o índice IBrX-100. E tudo isso sem precisar realizar pagamentos em conta, visto que essas taxas são debitadas diretamente do valor das cotas.

 

É tudo prático e fácil! Gostou de mais essa novidade? Então não fique de fora das próximas assinando nossa newsletter gratuita.

Não perca mais tempo. Abra a sua conta no modalmais e comece a desfrutar de todas as vantagens que ele pode proporcionar para a sua carteira de investimentos.