Agenda

Dólar X Real

Hoje (03) Trump deverá assinar uma Ordem Executiva para que o Secretário do Tesouro inicie um estudo para reduzir as restrições impostas pelas regulações Dodd-Frank. Caso tal redução se concretize a medida será positiva para os bancos pois eles terão a possibilidade de expandir sua carteira de crédito, fortalecendo o dólar.

Açúcar e Etanol

Com os preços elevados do açúcar produtores até dez/16 fixaram 10,7 milhões de toneladas de açúcar da safra 2017/18, representando 40,6% da projeção de exportações. Na série histórica para o mesmo período o percentual máximo de fixação foi de 36,28% em 2014/15. Na primeira quinzena de janeiro a moagem de cana no Centro-Sul totalizou 1,18 milhão de toneladas, 37,29% menor que em igual período do ano passado. Na quinzena o mix foi 28,67% para a produção de açúcar e 71,33% para o etanol, o ATR foi de 109,94 kg por tonelada, alta de 22,55%. No acumulado da safra 2016/17 (iniciada em abril) a moagem chegou a 593,23 milhões de toneladas, 0,47% maior que a safra 2015/16. Ontem o contrato mar/17 fechou a US$ 20,55 queda de 1,39% e mai/17 fechou a US$ 20,51 queda de 0,92%.

Grãos

Chove quase todos os dias em Mato Grosso do Sul que já provoca pequeno atraso na colheita de soja no estado. A Aprosoja/MS informa que até 27 de janeiro a colheita atingiu 3,2% da área plantada e a previsão era de 5%, o atraso ainda é pequeno mas vamos ficar atentos as próximas semanas. Último levantamento da Conab prevê um aumento de produtividade no estado em 8,7% indo de 7,2 para 7,8 milhões de toneladas. A INTL FCStone aumenta a estimativa de produção de soja para o Brasil ficando próximo de 104,1 milhões de toneladas, ante a última revisão que era de 102,8 milhões de toneladas. A alta não veio do aumento de área plantada, mas do aumento da produtividade indo de 3,06 para 3,1 toneladas por hectare. A consultoria prevê leve queda na produção de MT (maior estado produtor) de 29,394 para 29,348 milhões de toneladas, as chuvas no estado têm atrapalhado a colheita. Ontem a soja para mar/17 fechou a US$ 1.037,25 alta de 0,05% e mai/17 fechou a US$ 1.047,25 alta de 0,05%. No mercado interno a soja em Paranaguá fechou a R$ 73,77 a saca de 60kg, recuo de 0,54%

A INTL FCStone prevê um aumento na produção de milho na safra 2016/17 no Brasil. O leve incremento seria do milho primeira safra com a produtividade aumentando de 5,06 para 5,14 toneladas por hectare, elevando a produção de 29,4 para 29,9 milhões de toneladas no milho primeira safra. A consultoria prevê que a safra total de milho chegue a 91,51 milhões de toneladas no país. Ontem os contratos de milho para mar/17 fecharam a US$ 367,50 queda de 0,20% e mai/17 a US$ 375,00 queda de 0,20%.

Café

Na próxima quinta-feira (9) a Conab realizará um novo leilão de café arábica, sendo o segundo no ano. A oferta será de 9 mil toneladas e os leilões são uma estratégia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para regular os preços internos do café que tiveram forte valorização no ano passado. O Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep) autorizou a venda de até 43,2 mil toneladas dos estoques públicos, o primeiro leilão a Conab ofertou 5,6 mil toneladas e teve 100% de venda. A programação é que nesse ano ocorram leilões quinzenais até março com oferta de até 9 mil toneladas por leilão. Ano passado ao longo do ano foram realizados 36 leilões negociando um volume de 49,6 mil toneladas. Ontem o contrato mar/17 fechou a US$ 149,95 queda de 2,80% e mai/17 a US$ 148,50 queda de 2,65%.

Algodão

A perspectiva de demanda mundial firme pelo algodão impulsionou os contratos. O Comitê Internacional de Algodão (ICAC, na sigla em inglês) informou o aumento de 1% no consumo em 2017/18 chegando a 24,3 milhões de toneladas impulsionando os contratos na Bolsa de NY. Ontem o contrato mar/17 fechou a US$ 76,91 alta de 0,61% e mai/17 a US$ 77,57 alta de 0,67%. No mercado interno o preço médio pago ao produtor na Bahia ficou em R$ 91,80 a @.

Equipe:
Pedro Esberard Barbirato Rosa
pedro.rosa@modal.com.br

Katharyne Amorim Caiaffa
katharyne.caiaffa@modal.com.br

Rio de Janeiro 55 21 3223 7890 | 7934
São Paulo 55 11 2106 6880
www.modal.com.br

Fonte:
http://www.abic.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=59&infoid=6159
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/fixacao-de-preco-de-acucar-para-safra-2017-2018-sobe-a-406-ate-dezembro-154705
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/moagem-de-cana-no-centro-sul-na-1-quinzena-de-janeiro-atinge-118-mi-de-t-154701
https://www.agrolink.com.br/noticias/chuva-ja-atrapalha-e-colheita-da-soja-esta-em-3-2–da-area-plantada-em-ms_369258.html
http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Milho/noticia/2017/02/intl-fcstone-eleva-estimativa-para-safra-de-milho-no-brasil.html
http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Soja/noticia/2017/02/intl-fc-stone-aumenta-estimativa-para-soja-no-brasil.html
http://www.valor.com.br/agro/4857218/commodities-agricolas

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077