AGENDA

AÇÚCAR E ETANOL
Segundo a Archer Consulting, a alta nas cotações do açúcar ajudaram o setor de cana a diminuir seu endividamento. No início da safra 2016/17 em abril, até agosto as dívidas da indústria acumulavam R$ 92,88 bilhões, e cairam para R$ 84,85 bilhões, queda de 8,6%. A desvalorização da moeda americana também favoreceu o setor, que tem 34,7% do total da sua dívida cotados na moeda americana. Com a diminuição do endividamento as usinas voltam a investir, tendo como termômetro a 25ª Feira Internacional de Tecnologia, que foi realizada em agosto em SP. As encomendas deverão atingir R$ 2 bilhões, bem acima dos R$ 200 milhões da edição de 2015. Ontem tivemos feriado nos EUA, porém no mercado interno o açúcar cristal ficou em R$ 86,16 a saca de 50 kg, alta de 0,48%. Dados do Cepea/Esalq/USO revelam que o preço interno do açúcar no mês de agosto ficou na média de R$ 85,88 a saca de 50kg, queda de 0,88% frente a julho, mas alta de 65,31% a ago/15. No período de 29 agosto a 2 de setembro, cálculos mostram que a venda do cristal no spot paulista remunerou 5,91% mais que as vendas externas.

GRÃOS

Com grandes estoques de milho, governo chinês dá subsídios a agricultores para trocarem o plantio de milho por soja. As movimentações do óleo e farelo de soja em MT vem se mostrando mais próxima as cotações de Chicago no ano de 2016, comparado aos últimos três anos. O farelo de soja se mostra bem parelhado com as cotações externas, e o óleo em MT apresenta leve valorização em comparacação com o externo. A demanda aquecida do óleo para a produção do biodisel vem sustentando as cotações, que devem permanecer altas pela expectativa de redução de volume de soja esmagado em MT.

Mesmo com as cotações altas no mercado interno, custando a média de R$ 31,94 a saca de 60kg ante R$20,80 no mesmo período de 2015, a comercialização do grão esta em patamares elevados. No final de agosto a comercialização chegou a 68%, ante 58% em igual período na safra passada. As cotações de milho na Bolsa de Chicago permanecem em queda pelas perspectivas de boa safra nos EUA. O preço do milho no mercado interno caiu em agosto motivado pelas impotações de milho no Brasil, diminuição das suas exportações e a menor movimentação no mercado interno. Ontem o cereal no mercado interno ficou em R$43,94 por saca, queda de 0,05%.

CAFÉ
A Colombia é o maior produtor de café arábica lavado de sabor suave, e teve uma queda de 6% em sua produção no mês de agosto, produzindo 1,18 milhão de sacas de 60kg de café arábica. O Bureau de Inteligência Competitiva do Café relata no seu Relatório de Tendências do Café no mês de agosto que os americanos diminuiram seu consumo de café . Nesse ano houve uma diminuição de 24 milhões de sacas de 60kg para 23,7 milhões. Essa queda se da pela disseminação do uso de café em cápsulas que diminui o desperdício de café, que com o uso das cápsulas é tomado em monodoses. Porém a queda no consumo não afetou a receita, que em caminho inverso se elevou indo de US$ 12,8 bilhões em 2015 para US$ 13,6 bilhões esse ano. A pesquisa também revela que 25% das residências americanas possuem uma máquina de café em cápsula. No Brasil a safra desse ano passou por diversos problemas climáticos, com o café arábica tendo um adiantamento da colheita e chuvas fora de hora. O café robusta teve uma sequência de clima seco com dificuldade para manter suas lavouras no Espirito Santo e Bahia. No mercado interno o grão em SP ficou em R$ 498,64 a saca, queda de 0,26%.

ALGODÃO

O Comitê Consultivo Internacional de Algodão (Icac) e o USDA apesar de apresentarem dados diferentes, ambos apontam para um consumo maior que a produção de algodão para a atual e próxima safra. Os dados deram sustentação as cotações da pluma que vinham em queda pela diminuição das importações chinesas. Segundo os dados de ontem do USDA, 48% das lavouras americanas apresentam boas e excelentes condições, ante 54% no mesmo período da safra passada e 46% da média dos últimos cinco anos. Vale ressaltar que o Texas, maior estado produtor, apresenta 40% das lavouras em boas condições, e sendo o Estado de Virginia o que apresenta melhores condições, 88%.

Fonte
http://canaplan.com.br/noticias/setor-sucroenergetico
http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2016/09/preco-interno-do-acucar-sobe-65-em-agosto-diz-cepea.html
http://www.valor.com.br/agro/4700461/usinas-de-cana-voltam-investir
http://www.valor.com.br/agro/4700339/commodities-agricolas
https://www.agrolink.com.br/noticias/china-da-subsidios-a-agricultores-para-plantio-de-soja-ao-inves-de-milho_360992.html
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/05092016171325.pdf
https://www.agrolink.com.br/noticias/mesmo-com-preco-do-milho-caro–comercializacao-do-grao-chega-a-68-_361010.html
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/05092016171110.pdf
http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Milho/noticia/2016/09/preco-do-milho-deu-uma-tregua-para-o-pecuarista-em-agosto.html
https://www.agrolink.com.br/noticias/producao-de-cafe-da-colombia-cai-6–em-agosto-para-1-1-mi-de-sacas_360990.html
https://www.agrolink.com.br/noticias/qual-a-real-situacao-da-safra-2016-do-cafe-_360978.html
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/mais-de-25-das-residencias-norte-americanas-possuem-maquinas-de-cafe-em-capsulas-149329
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/05092016170713.pdf

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077