Dólar X Real

Nova rodada de repatriação volta para foco com a retomada da Câmara dos Deputados e Senado Federal após o recesso parlamentar. Segundo levantamento do Estudos Legislativos e Análise Política do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap/Ello) sete projetos estão com alta ou muita alta chance de serem aprovados nos próximos 180 dias, e a repatriação é um deles. A Repatriação consta na pauta de hoje da Câmara, podendo ser votada hoje mesmo. A Repatriação de Recursos é um programa do governo para brasileiros com dinheiro no exterior não declarados terem a oportunidade de declarar essa verba, aumentando a arrecadação do Governo e o fluxo de reais no Brasil. Visto que o participante pode apenas declarar a quantia e deixa-la no exterior ou traze-la para o Brasil aumentando o fluxo de reais.

Açúcar e Etanol

Estudo realizado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) e a USP teve como objetivo analisar a eficiência da cana-de-açúcar no Brasil e determinar o grau de crescimento da produção, apenas com aumento de produtividade sem aumentar área plantada. Avaliando a trajetória de ganho de produtividade nas últimas duas décadas, para atender a demanda mundial seria necessário um aumento de 5 a 45% de área. Pois o histórico de aumento de produtividade não seria suficiente para atender a demanda, só se fossem feitas implementações de novas tecnologias.

Com algumas usinas priorizando a venda de etanol hidratado para fazer caixa antes do início da safra, os preços do biocombustível registraram queda nas usinas de SP. Na semana de 30/jan a 3/fev o etanol hidratado acumulou queda de 2,05% em relação a semana anterior. De meados de dezembro até a última semana o indicador Cepea/Esalq registra queda de 8,14% nas cotações do etanol hidratado. Ontem o contrato de açúcar mar/17 fechou a US$ 21,18 alta de 0,33% e mai/17 fechou a US$ 20,97 alta de 0,29%.

Grãos

Desde o final de 2015 nos EUA, a soja tem apresentado “vantagem” no aumento de área em relação ao milho. Em nov/16 dados do USDA sinalizavam uma estimativa de aumento de área de soja na safra 2017/18 de 0,73 milhão de hectares. No dia 16 (quinta-feira) o USDA apresentará dados mais concretos com relação a área de soja na safra 2017/18 nos EUA. Conforme figura acima a maior parte das exportações de soja brasileira nas safras 2014/15 e 2015/16 foram para a China, em torno de 40% em cada safra e para os países membros do Acordo Transpacífico (TPP) as exportações tiveram volume extremamente baixo, 1,25% em 2014/15 e 0,98 em 2015/16. Já os EUA tem uma dependência menor de exportação de soja para a China em comparação com o Brasil, sendo em torno de 30% em cada safra e para os países membros da TPP em torno de 7%. Com a saída dos EUA do Acordo pode ser aberta uma janela de oportunidade para o Brasil aumentar suas exportações para os países membros da TPP, já que eles não vão ter mais redução tarifária para importar a soja americana.
Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul do Paraná estão tendo fortes ventos e chuvas nesse início da semana com o avanço de uma massa de ar polar sobre as regiões. Nesta manhã (7) as temperaturas estão oscilando de 11 a 14° C e a previsão é que o vento gelado persista até quinta-feira nessas regiões. O vento gelado e constante nas lavouras pode acarretar perda de produtividade e produtores estão preocupados com o clima. Ontem a soja para mar/17 fechou a US$ 1.036,00 alta de 0,88% e mai/17 fechou a US$ 1.046,25 alta de 0,87%.

Em algumas regiões do Mato Grosso as chuvas prejudicaram a semeadura da segunda safra de milho que atingiu 26,69% na média em todo estado. A semeadura porém está bastante adiantada com relação a safra passada, visto que os produtores adiantaram a plantação de soja nessa safra e consequentemente adiantando a de milho. Em algumas regiões, como a médio-norte, o clima vem favorecendo tanto a colheita de soja quanto a plantação de milho que já alcança 45,22% de área semeada de milho, avanço semanal de 28,4 p.p. Nos últimos 15 dias as chuvas agravaram ainda mais a semeadura de milho no MT, com a Somar Metereologia estimando chuva de mais de 200 milímetros em alguns municípios. Como pode ser visto na figura acima em todos os municípios apresentados as chuvas em fev/17 foram mais intensas que em fev/16. Ontem os contratos de milho para mar/17 fecharam a US$ 363,75 queda de 0,41% e mai/17 a US$ 371,25 queda de 0,40%.

Café

O Ministro Blairo Maggi informou ter uma “proposta praticamente pronta” liberando a importação de café robusta do Vietnã para encaminhar a Câmara de Comércio Exterior (Camex). O ministro pretende finalizar hoje (7) a proposta estando convencido da necessidade de importação de café robusta, após a quebra de safra na temporada passada no ES, maior produtor de café robusta no Brasil. Os números apresentados pela Conab no seu levantamento na região são muito ruins e o ministro se diz convencido sobre a necessidade de importação. Mesmo convicto da liberação, o ministro irá conversar hoje ainda com o governador do ES, Paulo Hartung, a pedido do Temer para discutir o tema. Produtores de café robusta do ES se mostram contrários a liberação alegando terem estoques de café robusta suficientes para atender o mercado interno. Ontem o contrato mar/17 fechou a US$ 144,20 queda de 1,40% e mai/17 a US$ 146,55 queda de 1,45%.

Algodão

No estado de MT a semeadura de algodão atingiu 84,07% de área com avanço de 23,23 p.p. na semana, com destaque para a região centro-sul que teve avanço semanal de 30,86 p.p. O Comitê Consultivo Internacional de Algodão (Icac) divulgou sua primeira estimativa para a safra 2017/18 com uma previsão de aumento de 2% na produção mundial e alta de 0,9% no consumo, na ponta inversa os estoques foram revisados para queda de 4,9%. O aumento de produção foi motivado pelo aumento de 10% de área plantada nos EUA e a alta no consumo sendo puxada por países como Turquia, Bangladesh e Vietnã. Ontem o contrato mar/17 fechou a US$ 75,63 queda de 1,02% e mai/17 a US$ 76,37 queda de 0,91%.

Equipe:
Pedro Esberard Barbirato Rosa
pedro.rosa@modal.com.br

Katharyne Amorim Caiaffa
katharyne.caiaffa@modal.com.br

Rio de Janeiro 55 21 3223 7890 | 7934
São Paulo 55 11 2106 6880
www.modal.com.br

Fonte:
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/06022017194837.pdf
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/06022017194624.pdf
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/06022017194217.pdf
http://canaplan.com.br/noticias/setor-sucroenergetico/0000001118
http://www.valor.com.br/agro/4860724/importacao-de-cafe

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077