Açúcar e Etanol

A cana-de-açúcar agora além de ser uma fonte de energia renovável, pode agora contribuir também para a despoluição do ar e da água. Estudo realizado pelo Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) ligado ao Centro Nacional de Pesquisas em Energias e Materiais (CNPEM) conseguiram produzir carvão ativo a partir do bagaço da cana. O carvão ativo é o ingrediente principal na fabricação de filtros, podendo ser de água e de ar. O produto tem a mesma eficiência do carvão disponível hoje no Brasil, porém o novo produto tem um custo 20% menor. A Unica estima que a produção brasileira de cana na safra 2015-16 no Brasil tenha atingido 666 mil toneladas, sendo que aproximadamente 1/3 vira bagaço. Sexta-feira o contrato mar/17 fechou a US$ 20,75 queda de 0,14% e mai/17 a US$ 20,41 queda de 0,10%.

Grãos

As lavouras de soja em MT continuam a apresentar boas condições, deixando produtores otimistas com a safra 2016/17 no estado. A Aprosoja/MS estima uma produtividade de 51,5 sc/ha no estado, mesma média alcançada na safra passada, 2015/16. Estima-se colher 7,8 milhões de toneladas de uma área de 2,5 milhões de hectares. A única região que apresenta realidade diferente do resto do estado é a central. Segundo dados do USDA a semana encerrada no último dia 29 os americanos fecharam contratos para a venda de 87,5 mil toneladas de soja, queda de 91% comparado a semana anterior e 94% comparado as últimas duas semanas. A queda nas exportações pressionou os contratos da oleaginosa na Bolsa de Chicago. Sexta-feira a soja fechou o contrato mar/17 a US$ 1.003,50 queda de 1,71% e mai/17 a US$ 994,75 queda de 1,75%. No mercado interno a soja em Paranaguá fechou em R$ 74,30 a saca de 60kg, queda de 0,70%

No começo de junho será inaugurada a primeira usina exclusiva de etanol de milho em MT. A FS Bioenergia já começou a garantir a matéria prima e contratou aproximadamente 20% das 560 mil toneladas de milho que vão ser esmagadas em 2017. A demanda mais fraca pelo milho americano pressionou os contratos na Bolsa de Chicago. Dados do USDA informam que foram fechadas 429,2 mil toneladas de milho na semana móvel encerrada no último dia 29, 55% menor que comparado a semana passada e 67% menor que o médio das últimas quatro semanas. As expectativas dos analistas eram em torno de 550 mil a 1,05 milhão de toneladas. Sexta-feira o contrato mar/17 fechou a US$ 358,00 queda de 0,90% e mai/17 a US$ 364,75 queda de 0,75%.

Café

O Ministro da Agricultura da Indonésia, um dos maiores produtores globais de café, prevê uma leve queda na produção no país, indo de 639.305 para 637.539 toneladas. Em MG a safra em 2016 atingiu um volume recorde de 30,7 milhões de sacas, um aumento de 37,8% em relação à safra anterior e corresponde a quase 60% da produção nacional. O relatório da Conab também relata aumento de área em 4,2% em relação à safra anterior e produtividade média de 30,4 sacas por hectare, 32,2% acima da safra passada. Sexta-feira o contrato mar/17 fechou a US$ 142,85, queda de 0,63% e mai/17 a US$ 145,15, queda de 0,62%.

Algodão

Apesar de queda de 47% no volume negociado da pluma nos EUA segundo dados do USDA. Traders afirmam que o volume de 40 mil toneladas veio acima do esperado e impulsionou os preços da pluma na Bolsa de NY. Sexta-feira o contrato mar/17 fechou a US$ 73,99 alta de 0,28% e mai/17 a US$ 74,29 alta de 0,49%. No mercado interno o preço médio pago ao produtor na Bahia foi de R$ 89,06 a @.

Equipe:
Pedro Esberard Barbirato Rosa
pedro.rosa@modal.com.br

Katharyne Amorim Caiaffa
katharyne.caiaffa@modal.com.br

Rio de Janeiro 55 21 3223 7890 | 7934
São Paulo 55 11 2106 6880
www.modal.com.br

Fonte:
http://www.abic.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=59&infoid=6073
http://www.abic.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=59&infoid=6071
https://www.agrolink.com.br/noticias/expectativa-de-aumento-de-10-8–na-safra-de-algodao-em-mato-grosso_367887.html
https://www.agrolink.com.br/noticias/centro-oeste-deve-ser-responsavel-por-42-5–da-producao-de-graos-no-brasil-na-safra-2016-2017_367873.html
https://www.agrolink.com.br/noticias/india-devera-produzir-menos-acucar-que-o-esperado-em-2016-17–diz-associacao_367863.html
https://www.agrolink.com.br/noticias/grande-volume-de-chuvas-na-argentina-atrasa-plantio-de-soja-e-milho_367862.html
https://www.jornalcana.com.br/china-investira-us-360-bi-em-energias-renovaveis-ate-2020/
http://www.valor.com.br/agro/4827844/industria-quer-taxa-zero-para-importar-algodao
http://www.valor.com.br/agro/4827838/commodities-agricolas

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077