Agenda

Dolar X Real

Hoje (18) foi divulgada a ata da 206ª Reunião do Copom e alguns membros do Banco Central já comentam sobre acelerar o pace de queda de juros, argumentando que a evolução da conjuntura econômica já permiti um maior corte do que o visto na última reunião de 1 p.p., com a taxa selic indo de 12,25% para 11,25% a.a. O corte foi o quinto consecutivo e já era esperada essa magnitude pelo mercado. Um dos pontos alterados na ata foi o texto sobre as reformas, na última ata afirmava-se que “ O processo de aprovação das reformas fiscais tem sido positivo”. Na ata atual foi incluído que “ Esse processo pode ser longo e envolve incertezas” e a ata reafirma a importância da aprovação das reformas.

Açucar e Etanol

Após começar o ano safra 2017/18 em queda, o etanol anidro e hidratado no Centro-Sul volta a subir pelo feriado prolongado da Sexta-Feira Santa e chuvas em algumas regiões de São Paulo.

As incertezas quanto a safra brasileira e indiana de açúcar continuaram sendo o drive de preços para o açúcar na Bolsa de NY. Consultorias privadas estimam uma produção de 582 a 612 milhões de toneladas de cana no Brasil na safra 2017/18 e 25 milhões de toneladas de na Índia. Apesar dos dados otimistas, ainda não se é descartada a possibilidade de El Niño. O contrato mai/17 fechou a US$ 16,47 queda de 0,78% e jul/17 a US$ 16,52 queda de 0,30%. No mercado doméstico o açúcar cristal em São Paulo fechou a R$ 73,79 a saca de 50kg, queda de 0,18%

Grãos

A primeira estimativa de oferta e demanda de soja em MT em 2017 elevou a oferta de grão no estado de 28,12 para 31,22 milhões de toneladas, alta de 11% em relação ao ano anterior. O aumento da oferta foi puxado pela maior produção de 27,81 para 31,04 milhões de toneladas, alta de 11,6%. A demanda também apresentou crescimento para 30,50 ante 27,94 milhões de toneladas, alta de 9,2% porém abaixo da oferta. O aumento mais expressivo foi dos estoques finais de 0,17 para 0,71 milhões de toneladas, alta de 310,6%. O otimismo quanto a safra mundial da oleaginosa pressionou ontem os contratos de soja, com o USDA estimando uma maior produção no Brasil e Argentina. Na Bolsa de Chicago, sexta-feira, a soja mai/17 fechou a US$ 953,25 queda de 0,24% e jul/17 a US$ 963,75 queda de 0,26%. No mercado interno, a soja em Paranaguá fechou a R$ 65,43 a saca de 60kg, queda de 1,22%

A nova estimativa do Imea para oferta e demanda de milho em MT apresenta uma produção de 26,60 ante 18,96 milhões de toneladas na safra passada, alta de 40,27%. A demanda também apresenta alta de 18,86 para 26,24 milhões de toneladas, alta de 39,11%. O maior destaque foi para a alta nas expectativas de exportações ante a safra passada de 8,55 para 15,34 milhões de toneladas. Apesar das chuvas acima da média na Argentina, estima-se que as perdas não passarão de 2 milhões de toneladas o que levaria o país a produzir 38,5 milhões e toneladas, ainda 28,4% acima da safra passada. As notícias otimistas para produção Argentina e Brasil vem pressionando as cotações do cereal. Na Bolsa de Chicago, o milho mai/17 fechou a US$ 366,50 queda de 1,21% e jul/17 fechou a US$ 373,25 queda de 1,26%. No mercado interno o milho fechou a R$ 27,86 a saca de 60kg, alta de 0,22%.

Café

A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimento (Apex-Brasil) identificou o potencial do mercado chinês pelo mercado brasileiro de cafés especiais. Em 2017, 14 empresas participaram do Hotelex Shanghai Expo Finefoods, maior feira de hotelaria e food service da China e foram realizados US$ 2,025 milhões em negócios e se é estimado mais US$ 22,435 milhões nos próximos 12 meses. Pesquisas de empresas brasileiras constatam o aprimoramento do paladar chinês pela bebida e o crescimento constante do produto brasileiro no país. Além da feira, seis empresas brasileiras também realizaram um road show nas três maiores cidades chinesas para promover a qualidade dos cafés especiais brasileiros e ampliar a penetração no mercado. O contrato de café arábica para mai/17 fechou a US$ 141,10 alta de 1,58% e set/17 fechou a US$ 145,75 alta de 1,53%.

Algodão

Relatório divulgado pelo Imea de oferta e demanda de algodão no estado estimam uma maior oferta de pluma em comparação com a safra passada de 878,9 para 988,3 mil toneladas, alta de 12,4%. A demanda também apresenta perspectiva de alta indo de 877,2 para 986,6 mil toneladas, alta de 12,5%. O estoque final que apresenta leve queda de 1,7 para 1,6 mil toneladas, queda de 4,3%. O contrato mai/17 fechou a US$ 77,03, alta de 1,86% e jul/17 a US$ 78,17, alta de 2,13%.

Equipe:
Pedro Esberard Barbirato Rosa
pedro.rosa@modal.com.br

Katharyne Amorim Caiaffa
katharyne.caiaffa@modal.com.br

Rio de Janeiro 55 21 3223 7890 | 7934
São Paulo 55 11 2106 6880
www.modal.com.br

Fonte:
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/17042017200239.pdf
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/17042017200141.pdf
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/17042017195939.pdf
http://canaplan.com.br/noticias/setor-sucroenergetico
http://www.valor.com.br/agro/4940510/commodities-agricolas
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/17042017183300.pdf
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/17042017183217.pdf
http://www.abic.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=59&infoid=6342

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077