AGENDA

AÇÚCAR E ETANOL

As indústrias de cana mantém sua fabricação de açúcar frente ao etanol em nível máximo para aproveitar os preços elevados da commodity. E agora ainda tem mais uma possibilidade que também desvaforecerá o combustível, com rumores de que o Governo não tem planos de manter a isenção de PIS/Cofins para o etanol. Em 2013, o governo isentou os tributos que somavam R$0,12 centavos por litro, pois na época o etanol era menos competitivo que a gasolina e os preços do açúcar estavam em patamares baixos. Agora com o esforço do Governo para reequilibrar as contas públicas, a isenção do tributo não deverá ser renovada no final desse ano. O Barter é um mecanismo usado para troca da produção que irá ser plantada por insumos para a plantação, esse mecanismo tem a vantagem do produtor não necessitar de uma grande linha de crédito para custear sua safra. De acordo com o presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Paulo Leal, estima-se que o mecanismo irá crescer de 10% para 15%. Uma das vantagens é que a trading paga pela cana no ato da entrega, ás vezes pagando até 50% antes do início da safra. No modelo atual as usinas pagam 80% do valor 1 mês depois a entrega e os outros 20% no fechamento as safra.

GRÃOS


Com a forte desvalorização do real frente ao dólar no começo do ano, as exportações de soja para a China atingiram volumes recordes. Do total de 46,3 milhões de toneladas compradas pelos chineses nos primeiros sete meses do ano (alta de 3,8% comparado a ano passado), 57,9% foram embarques brasileiros. A soja brasileira exportada para o país asiático somou 26,8 milhões de toneladas no período, aumento de 19,9% de acordo com o serviço alfandegário asiático. Porém a partir de agora esse cenário deve mudar, com a valorização do real e a perspectiva de uma boa safra americana. A Argentina é o maior exportador de óleo e farelo de soja, porém com uma medida do governo de eliminar um imposto de 20% sobre as exportações do milho, a área de soja deverá diminuir, sendo previsto uma queda de 4% de área que seria incorporada pelo milho. Ainda com perspectivas de boa safra de soja americana, ontem os contratos para nov/16 fecharam a US$ 10,0525 o bushel, queda de 8,25 centavos. No mercado interno a commodity o Porto de Paranaguá ficou em R$ 83,36 a saca de 60kg, queda de 0,19%.

Uma expedição realizada pela Pro Farmer Midwest Crop Tour nas lavouras de milho nos EUA se prevê uma produção bem menor do cereal frente a expectativa do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). A expedição estima um rendimento de 173,42 bushels por acre (10,88 toneladas por hectare), inferior ao projetado pelo USDA 187 bushel por acre (11,73 toneladas por hectare). Ontem na Bolsa de Chicago os contratos para dez/16 fecharam a US$ 3,3625 o bushel, recuo de 1 centavo, ainda motivado pelas boas perspectivas de safra americana.

CAFÉ


A colheita de café segue em ritmo acelerado na área de atuação da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé), a maior do setor do mundo, atingindo 87,24% até o dia 19 de agosto. A Conab esta realizando um leilão hoje (25/08) de 70 mil sacas de café dos seus estoques, pela baixa produtividade das lavouras nessa safra e escassez no mercado do produto. As cotações vinham se sustentando na Bolsa de NY, pelos problemas climáticos no Brasil e Vietnã com perspectiva de défict global na safra 2016/17, porém a retração das importações chinesas derrubaram as cotações. A China retraiu 11,5% das importações só no mês de julho, acumulando 50% no ano. Ontem os contratos para dez/16 fecharam a US$ 1,431 a libra-peso, recuo de 415 pontos.

ALGODÃO


O Estado de Mato Grosso atingiu essa semana 84,3% de sua colheita de uma área prevista de 612 mil hectares. Ontem na bolsa de NY a China também foi a responsável pela queda nos contratos. Com uma redução das importações de algodão em julho para 94,85 mil toneladas, recuo de 10% comparado a igual período do ano passado e acumulo de redução de 49% no ano, os contratos para dez/16 fecharam a US$ 67,79 centavos de dólar a libra-peso, recuo de 65 pontos. A China é o maior consumidor mundial da pluma, e com a política de diminuição de estoques no país e realização de leilões diários, a demanda mundial vem se deteriorando no ano. No mercado interno, na Bahia, o preço médio ficou em R$ 81,19 a arroba.

Fontes:
http://canaplan.com.br/noticias/setor-sucroenergetico/0000000923
http://www.imea.com.br/upload/pdf/arquivos/R405_Apresentacao_MT_Portugues.pdf
http://www.valor.com.br/agro/4686237/soja-brasileira-domina-mercado-chines
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/plantio-de-soja-na-argentina-deve-cair-ate-4-com-avanco-da-area-de-milho-em-2016-17-148840
https://www.agrolink.com.br/noticias/colheita-do-milho-entra-na-reta-final-e-precos-caem-13–em-mato-grosso-do-sul_360425.html
http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Milho/noticia/2016/08/globo-rural-expedicao-de-safra-preve-producao-menor-de-milho-em-indiana-nos-eua.html
http://www.valor.com.br/agro/4686239/commodities-agricolas
http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Cafe/noticia/2016/08/globo-rural-colheita-de-cafe-na-area-de-atuacao-da-cooxupe-alcanca-8724-ate-19-de-agosto.html
http://www.cecafe.com.br/publicacoes/noticias/aviso-de-venda-leilao-de-70-mil-sacas-de-cafe-da-conab-25082016-as-09h-20160823/
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/regiao-de-mato-grosso-finaliza-colheita-do-algodao-148850

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077