AES Tietê: direito de recesso

A aquisição da totalidade do capital social da Nova Energia Holding S.A. gerou direito de recesso aos acionistas da AES Tietê. Assim, os acionistas titulares das ações de emissão da Companhia no dia 13 de janeiro de 2017, dissidentes da deliberação da AGE do dia 29 de maio poderão exercer seus direitos de recesso até o próximo dia 30 de junho. O valor do reembolso será de R$ 0,6897473955 por ação ordinária e/ou preferencial, equivalente a R$ 3,448736978 por unit e será pago até 14 de julho. Porém se o Conselho entender que o pagamento do preço do reembolso aos acionistas que exercerem o direito de retirada porá em risco a estabilidade financeira da Companhia, o órgão poderá reconsiderar a aquisição da Nova Energia.

BrasilAgro vende propriedade

A BrasilAgro vendeu uma área total de 1.360 hectares da Fazenda Araucária, das quais 918 hectares agricultáveis por R$ 17 milhões. Outras partes desta propriedade, localizada no Município de Mineiros, Estado de Goiás, já haviam sido vendidas em 2013, 2014 e março de 2017. A BrasilAgro vai receber 35% do preço total de venda no primeiro ano e o saldo será pago em cinco parcelas iguais anuais. Do ponto de vista contábil, o valor desta área da fazenda nos livros da companhia é de R$ 4 milhões e tem uma TIR esperada de 16,8%. Boa notícia.

Indenização da CTEEP passa de R$ 3,9 para R$ 4,1 bilhões

O valor da indenização a ser paga à Cteep pelos bens ainda não amortizados da Rede Básica Existente foi corrigido de R$ 3,9 bilhões para R$ 4,1 bilhões, em valores de dezembro de 2012. A alteração no valor foi feita após a avaliação de pedido apresentado pela transmissora, que contestou valores não considerados pela Aneel ao analisar o laudo de avaliação. O pagamento da indenização será feito a partir de julho em parcelas mensais pelos próximos oito anos. Notícia positiva.

Petrobras: decisão judicial favorável relacionada à venda da Liquigás

A Petrobras obteve decisão favorável, por unanimidade, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, mantendo decisão anterior da Justiça Federal de Sergipe, em relação ao prosseguimento do processo de alienação de sua participação acionária na Liquigás Distribuidora S.A.. A alienação de 100% das ações detidas pela Petrobras na Liquigás foi aprovada pelo voto da maioria dos acionistas presentes na Assembleia do dia 31 de janeiro por R$ 2,666 bilhões. Com a decisão de ontem do TRF, a Petrobras pode prosseguir com o cumprimento das condições precedentes negociadas, com vistas à conclusão da operação. Notícia positiva.

Taesa: prorrogação do prazo de análise das debêntures

Foi aprovada perante a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, nos termos do artigo 11, parágrafo 1º do “Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para as Atividades Conveniadas”, vigente desde 1º de abril de 2015, a prorrogação, por até 30 dias úteis, do prazo de análise do pedido de registro da oferta pública de distribuição da 4ª Emissão de debêntures simples, em virtude das condições atuais dos cenários político e de mercado de capitais nacionais. Notícia neutra.

Tegma anuncia o lançamento da TegUP

A TegUp é uma corporate venture capital que busca startups de tecnologia na área de logística e é pioneira neste tipo de iniciativa no segmento de logística no Brasil. O programa dará preferência por empresas constituídas com alto potencial de evolução, que sejam transformadores ou inovadores, e que já tenham superado o estágio inicial do negócio para receber investimentos. A Tegma, que é a idealizadora do projeto, acredita que pode agregar valor para os participantes por meio de sua experiência, competência e networking. As startups selecionadas terão espaço opcional para coworking, coaching, mentoria, apoio à gestão e ambiente para provas de conceito. Notícia positiva.