B3 divulga dados de janeiro de 2018

O segmento BMF apresentou forte crescimento dos volumes negociados (+56,8%), compensado parcialmente por queda de 12,4% na Receita Média por Contrato. O segmento Bovespa apresentou expressivo crescimento de 48,2% no volume financeiro negociado. Os segmentos Cetip, na maioria, também apresentam crescimentos significativos. Notícia positiva.

GOL:

O Diário Oficial da União de hoje traz uma importante decisão da Anac para a Gol. A Agência alocou 28 voos semanais para a aérea realizar serviços mistos entre o Brasil e os Estados Unidos. Boa notícia.

ITAUSA:

após declarar um total de proventos líquidos referente a 2017 no valor de R$ 0,883151/ação ON e PN, a Itaúsa anunciou aumento de seu capital social mediante subscrição particular no valor de R$ 1,370 bilhão, representando preço por ação de R$ 7,80. Ontem, a ação preferencial fechou cotada a R$ 13,37 e a ordinária a R$ 13,12. O deságio do preço de subscrição sobre o preço de mercado objetiva estimular a adesão dos acionistas minoritários na subscrição dos seus direitos. A Itausa diz que os recursos do aumento de capital serão destinados ao reforço do capital de giro e à manutenção de adequado nível de liquidez da companhia.

PÃO DE ACUCAR E VIA VAREJO:

as companhias trocaram de comando. Peter Paul Estermann assume o cargo de Diretor-Presidente do Pão de Açúcar e Flavio Dias foi o indicado para substitui-lo na presidência da Via Varejo. Flavio Dias foi protagonista da transformação digital da Via Varejo e da unificação de suas áreas de marketing e tecnologia da informação. Sob sua gestão, a operação online, que hoje representa 25% das vendas, tem mostrado uma sensível melhora em rentabilidade. Já durante a gestão de Estermann, o faturamento da Via Varejo cresceu de R$ 19 bilhões para R$ 25 bilhões e as ações subiram mais de 500%. As empresas estão com bons comandos.

RANDON e FRAS-LE:

a receita líquida consolidada da Randon no mês de janeiro deste ano atingiu R$ 275,6 milhões ou 74,4% maior que a registrada em janeiro de 2017. Já a receita líquida consolidada da Fras-le em janeiro atingiu R$ 79,9 milhões ou 51,1% maior que aquela de janeiro de 2017. Boa notícia.