Bovespa divulga destaques operacionais de setembro

No segmento BMF tivemos elevação de 45,9% no volume médio físico negociado e queda de 21,2% no preço médio dos contratos. No segmento Bovespa, o volume médio diário cresceu 50%. No segmento Cetip UTVM tiveram redução em praticamente todas suas linhas. Por fim, no segmento Cetip UFIN, tiveram crescimento em todas as linhas. Consideramos como positivos os números.

Carrefour: comunicado de vendas 3T17

O Carrefour reportou vendas brutas de R$ 12,242 bilhões no terceiro trimestre de 2017, um acréscimo de 5,5% sobre o 3T16, acumulando, desde janeiro, vendas brutas de R$ 36,024 bilhões, uma expansão de 8% na comparação anual. Os valores consideram as vendas na rede de hipermercados Carrefour, de R$ 3,729 bilhões, e as vendas da bandeira Atacadão, de R$ 8,513 bilhões, entre julho e setembro, que aumentaran 5% e 5,6%, respectivamente, ante o mesmo trimestre do ano passado. O ritmo de crescimento do Atacadão foi menor do que o do ano passado e a companhia considera que essa desaceleração ocorre em razão da deflação dos alimentos este ano. Na rede de lojas Carrefour, a companhia destacou que tem havido crescimento da venda de bens duráveis. “As vendas de não-alimentos, em particular produtos eletrônicos como TVs e smartphones, continuaram a mostrar um forte desempenho no trimestre com crescimento de dois dígitos”.

Aneel aprova reajuste tarifário da EDP São Paulo

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou o Reajuste Tarifário Anual da EDP São Paulo, a ser aplicado a partir de 23 de outubro de 2017. Em relação à tarifa praticada atualmente, o efeito médio a ser percebido pelos consumidores será de +24,37%, sendo +27,31% para os consumidores atendidos em alta e média tensão e +22,67% para os consumidores atendidos em baixa tensão. Notícia neutra, a maior parte do reajuste refere-se a repasse de custos da Parcela A.

Embraer confirma entrega do primeiro E190-E2 em abril de 2018

A Embraer confirmou hoje que a primeira entrega do E190-E2 para Widerøe, cliente-lançador da aeronave, ocorrerá em abril de 2018. O anúncio foi feito em uma coletiva de imprensa em Atenas, Grécia, durante a Assembleia Geral da Associação de Companhias Aéreas Regionais Europeias. A Widerøe, é a maior companhia aérea regional da Escandinávia e iniciará operações regulares com a aeronave pouco tempo após a entrega. Disse o Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial que o programa E2 permanece no prazo e dentro do orçamento. “Entregaremos ao mercado uma aeronave madura e robusta”. A Widerøe assinou um contrato com a Embraer para até 15 jatos E2 que consiste em três pedidos firmes para o E190-E2, primeiro integrante da segunda geração da família de E-Jets, além de direitos de compra 12 E2s. O pedido tem um preço de lista potencial de até USS 873 milhões, se todos os direitos de compra forem exercidos. Boa notícia.

Eztec: prévia operacional do 3T17

Com a venda da Torre B do EZ Towers por R$ 650 milhões, as vendas líquidas da Eztec atingiram R$ 715 milhões no 3T17. Junto à venda da Torre A, em 2013, este negócio é a maior operação da história da Companhia. Porém excluída a venda da Torre B, a Eztec teve o melhor resultado de vendas em sete trimestres, manifestando uma leve melhora no cenário econômico do país. Destaques de vendas incluem o empreendimento residencial Jardins do Brasil, em Osasco e o projeto comercial EZ Mark, na Zona Sul de São Paulo, após longo período sem nenhuma comercialização. Em relação aos distratos, a despeito do elevado volume de entregas nos últimos trimestres, houve uma redução dos cancelamentos. No terceiro trimestre a Eztec realizou o seu segundo lançamento do ano, o In Design Liberdade, um empreendimento residencial voltado para o segmento de média-alta renda com VGV de R$ 67,8 milhões. Este lançamento se enquadra no perfil dos lançamentos que a Eztec vem praticando desde 2015, ou seja, empreendimentos direcionados para os segmentos de média-alta e alta renda; empreendimentos localizados dentro da cidade de São Paulo e; empreendimentos de menor quantidade de unidades. Apesar de ainda aquém de anos anteriores, o desempenho do 3T17 pode ser considerado satisfatório.

Petrobras: produção de petróleo e gás natural em setembro

A produção total de petróleo e gás natural, em setembro, foi de 2,79 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,68 milhões boed produzidos no Brasil e 106 mil boed no exterior. A produção média de petróleo no país foi de 2,17 milhões de barris por dia (bpd), volume 2,8% superior ao de agosto. Esse resultado se deve, principalmente, à normalização da operação após a parada programada dos FPSOs Cidade de Itaguaí e Cidade de Maricá, ambos operando no campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos. A produção de gás natural no Brasil, excluído o volume liquefeito, foi de 81,5 milhões de m³/d, 2,0% acima do mês anterior. Esse aumento também foi decorrente do retorno à operação das plataformas citadas acima. Cabe destacar que o aproveitamento do gás produzido nas plataformas operadas pela Petrobras atingiu, pelo segundo mês consecutivo, um novo recorde mensal, atingindo a marca de 97%. A produção no pré-sal operada pela Petrobras em setembro foi de 1,68 milhão boed, volume 6,6% acima do mês anterior. Esse resultado também se deve à normalização da operação dos FPSOs Cidade de Itaguaí e Cidade de Maricá.

Renova informa que prazo de exclusividade da Brookfield encerrou

A Renova Energia S.A., em referência ao Fato Relevante do dia 19 de julho de 2017, quando do recebimento de proposta não vinculante da Brookfield Energia Renovável e concessão de exclusividade por um prazo de 60 dias para a realização de due diligence e negociação dos documentos finais para um aporte primário na Companhia pela Brookfield, e do dia 15 de setembro de 2017, quando da prorrogação do referido prazo de exclusividade por mais 30 dias, informa ao mercado e aos seus acionistas que tal período de exclusividade se encerrou na presente data. A Renova esclarece que, no entanto, tal fato não altera o estágio da negociação com a Brookfield para a realização da citada operação e reitera o compromisso de manter seus acionistas e o mercado em geral devida e oportunamente informados nos termos da legislação aplicável. Notícia neutra.