Banco do Brasil:

a AGCO do Brasil Máquinas e Equipamentos Agrícolas Ltda comunicou ao BB Banco de Investimento, subsidiária integral do BB, a rescisão do contrato de aquisição de ações representativas de 34,93% do capital social da Kepler Weber, sendo 17,45% de titularidade do BB-BI e 17,48% da Previ. A rescisão do contrato de aquisição decorreu do não cumprimento de condições precedentes acordadas entre as partes.

Cemig recebe propostas para a Light

A empresa informou que recebeu propostas não vinculantes relacionadas ao processo de desinvestimento, como resultado da primeira fase de acesso aos documentos e informações contidos na Sala de Informações do Grupo Light (Data Room). As referidas propostas estão em análise interna para eventual seleção para a próxima fase. Após esta eventual seleção, a conclusão do processo de desinvestimento estará ainda sujeita a uma fase de diligência e visitas técnicas (Due Diligence), envio de propostas vinculantes, negociações e aprovações finais para assinatura de acordos definitivos da referida operação, além das aprovações das condições precedentes usuais desse tipo de transação. Notícia positiva.

Fras-le:

informou que celebrou contratos para compra de participações societárias na Palr S.A., Armetal Autopartes S.A. e Fanacif S.A.. As duas primeiras têm sede em Buenos Aires e a última em Montevidéu.

Gol:

a Fitch Ratings elevou a classificação de risco de crédito da GOL e dos papéis emitidos pela companhia e por suas empresas 100% controladas. Os IDRs de moeda estrangeira e local foram elevados para B, com perspectiva estável (de CCC). As notas seniores sem garantia de 2022 e 2023, e os bônus perpétuos Gol foram elevados para B com perspectiva estável (de CCC-). A notas seniores com garantia de 2018, 2021 e 2028 foram elevados para B+ com perspectiva estável (de CCC+). A classificação de risco da Gol para escala nacional foi elevado para BBB- (bra) com perspectiva estável, de CCC (bra). Boa notícia.

Sanepar define percentual mínimo para formação de Units

O Conselho de Administração definiu, em reunião realizada nesta data, que a quantidade mínima de ações que representa o percentual mínimo de adesão para implementação do programa de emissão de certificados de depósitos de ações da Companhia para a formação de units é de, no mínimo, 40% das ações preferenciais de emissão da Companhia em circulação. Notícia neutra.