As commodities novamente parecem trazer bons fluídos para nosso mercado acionário, com o Ibovespa futuro indicando uma abertura altista nesta terça-feira. O petróleo continua em alta nas bolsas internacionais, ainda refletindo a perspectiva de extensão do acordo de redução da produção pela Opep. Já o minério de ferro negociado no mercado à vista e futuro na China também teve valorização.

Ainda temos as repercussões dos últimos balanços do 1T17, com investidores também atentos ao presidente do Bacen, em palestra em São Paulo, uma vez que o mercado passou a precificar maior probabilidade de corte de 1,25 p.p. na Selic na reunião do Copom no final deste mês.

Na Europa as bolsas têm comportamentos mistos, refletindo indicadores econômicos também com sinalizações divergentes. O PIB da zona do euro cresceu 0,5% no 1T17 ante 4T16, com expansão anual de 1,7%, conforme expectativas. O Reino Unido registrou inflação anual de 2,7% em abril, maior nível desde 2013, em linha com as expectativas mas acima da meta de 2% do BoE. Já na Alemanha, o índice ZEW de expectativas econômicas subiu a 20,6 em maio, ante previsão de 22.

Nos EUA o viés é positivo para os contratos futuros de Dow Jones e S&P 500, mesmo após os dados fracos do setor de construção e das notícias de que Donald Trump teria compartilhado informações sigilosas com os russos, gerando temores sobre possíveis impactos para sua capacidade de aprovação de medidas no congresso.

Agenda Corporativa

TELECONFERÊNCIA

ALUPAR. 15h00 (português e inglês)
BANRISUL. 10h00 (português) e 11h30 (inglês)
COPEL. 10h00 (português e inglês)
CYRE COM-CCP. 11h00 (português e inglês)
EUCATEX. 11h00 (português)
EVEN. 15h00 (português e inglês)
FORJA TAURUS. 10h00 (português e inglês)
GENERALSHOPP. 08h00 (português) e 09h00 (inglês)
GUARARAPES. 11h00 (português)
JBS. 09h00 (português) e 11h00 (inglês)
LIGHT S/A. 14h30 (português e inglês)
LINX. 10h00 (português) e 12h00 (inglês)
METALFRIO. 09h00 (português e inglês)
PARANAPANEMA. 14h00 (português)
PDG REALT. 11h00 (português e inglês)
SARAIVA LIVR. 10h30 (português e inglês)
SPRINGS. 11h00 (português e inglês)
TUPY. 10h00 (português e inglês)

NEGOCIAÇÃO EX-DIREITOS

BRSR3. Ex-JCP de R$ 0,19981712/ação. Exercício de 2017
BRSR5. Ex-JCP de R$ 0,19981712/ação. Exercício de 2017
BRSR6. Ex-JCP de R$ 0,19981712/ação. Exercício de 2017
MRVE3. Ex-dividendo de R$ 0,29970984/ação. Exercício de 2016
VLID3. Ex-bonificação de 10%

As empresas podem alterar o cronograma de publicação de balanço sem aviso prévio // Em Negociação ex-Direito o JCP é bruto de Imposto de Renda // Em Pagamento de Proventos o JCP é líquido de Imposto de Renda

Análise Gráfica

O Ibovespa-futuro penetrou na resistência representada pelo topo formado em 69.205 pontos, mas neste momento não evidencia condições de manter o ímpeto altista e isto poderá dar chance para um congestionamento mais amplo ou mesmo uma correção até a zona de sustentação situada em 68.700/68.500 pontos. Para anular tal expectativa, o futuro terá que ultrapassar a máxima de hoje, ou seja, 69.415 pontos (comentário feito às 09:13 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

O dólar-futuro parece que vai ingressar em um congestionamento entre o suporte representado pelo fundo formado em R$ 3,109 e a resistência imediata de R$ 3,125 (comentário feito às 09:13 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica

Economia em Foco

IPC-S

Segunda prévia de maio do IPC-S está em 0,30%

IGP-10

Índice geral assinala deflação de 1,10% em maio

EUA

Licenças para construção chega a 1,2 milhão em abril

EUA

Imóveis em construção alcança 1,2 milhão em abril

Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho, conforme Contrato de Prestação de Serviços com as Instituições Clientes. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.