Biosev

Em resposta à questionamento da Bovespa, a Biosev reiterou que avalia constantemente alternativas de captação de recursos para fortalecer sua estrutura de capital e financeira, incluindo potencialmente a captação de recursos por meio de operação de mercado de capitais, inclusive através de uma oferta subsequente de ações de emissão da Companhia e/ou de uma emissão de bonds no mercado internacional.

Bombril

O Cade autorizou a cessão de um portfólio de marcas e de outros ativos relacionados à linha de produtos Lysoform pela Bombril e por uma sociedade por ela controlada à SC Johnson & Son Inc. A linha Lysoform envolve desengordurante e desinfetantes.

Braskem vende 100% de suas quotas do capital social da quantiQ

O valor da transação é de R$ 550 milhões, dos quais R$ 450 milhões serão pagos na conclusão da venda e o restante em até 12 meses. Em comunicado, a Braskem afirma que a alienação de sua distribuidora de produtos químicos está em linha com a estratégia de reforçar sua operação petroquímica. É um ingresso de caixa bem vindo após a assinatura do acordo de leniência com o Ministério Público Federal, o qual envolve uma cifra de R$ 3,1 bilhões.

Linx assina acordo com a Redecard

Linx e Redecard, uma empresa do grupo Itaú Unibanco, assinaram um acordo de cooperação comercial que tem por objetivo o desenvolvimento pela Linx de aplicativos relacionados a soluções de meio de pagamento. O acordo envolve também o esforço de ambas as partes para promover, juntos aos seus respectivos clientes, as soluções de pagamento da Redecard e as soluções de gestão da Linx. Notícia positiva.

Natura reafirma objetivos estratégicos

Em conferência do Morgan Stanley na América Latina ontem, a Natura reafirmou seus objetivos estratégicos de reposicionamento da marca Natura no Brasil, além da revisão de estratégia de categorias e marcas, revitalização da venda direta e experiência de compra multicanal. No mercado internacional a Natura reafirma sua disposição de expansão para mercados desenvolvidos e em desenvolvimento. Notícia neutra.

OGpar e OGX celebram acordo com credores

As Companhias celebraram uma Term Sheet indicativo que estabelece os principais termos comerciais de um acordo entre elas e os credores OSX Brasil S.A., OSX Serviços Operacionais Ltda., OSX Construção Naval S.A, OSX-3 Leasing BV e Nordic Trustee ASA, este na qualidade de Agente Fiduciário dos bonds OSX-3 Senior Secured Callable Bond 2012/2015 e cessionário dos direitos da OSX-3. Além desses também foram firmados acordos com os detentores da 3ª emissão de debêntures garantidas da OGX, conversíveis em ações, e com certos credores do Contrato de Pré Pagamento de Exportação, datado de junho de 2014. As empresas farão hoje uma teleconferência para apresentar os detalhes do acordo firmado com estes credores.

Petrobras

A petroleira informou há pouco que sua produção média de petróleo em 2016 no Brasil atingiu recorde histórico anual, alcançando a marca de 2.144,256 milhões de barris por dia, 0,75% acima do resultado de 2015 e em linha com a meta de 2,145 milhões bpd prevista para o período.

Usiminas não consegue aprovar a redução do capital da controlada Musa

Os acionistas, Serra Azul Iron Ore L.L.C e Sumitomo Corporation do Brasil S.A., detentores de 30% do capital social da Musa, votaram contra a proposta de redução do capital da controlada Musa na AGE de ontem. Como o Acordo de Acionistas da Musa estabelece que reduções do capital social só podem acontecer com a aprovação da Usiminas e da Sumitomo, a matéria não foi aprovada. Em comunicado, a Usiminas manifestou seu entendimento de que o veto da Sumitomo constitui abuso de direito, em flagrante violação ao artigo 187 do Código Civil Brasileiro, e que não deve produzir efeitos jurídicos. Por esta razão, a Usiminas afirma que buscará a invalidação do voto contrário da Sumitomo, a fim de que prevaleça seu voto majoritário favorável à aprovação da redução do capital social da controlada. Independente de futura decisão judicial, a notícia é negativa porque a redução do capital da Musa em R$ 1 bilhão significaria um importante ingresso de recursos no caixa da siderúrgica mineira.