Curtas Empresas

Gerdau reitera cautela em reunião com analistas

Ao contrário da Usiminas, em reunião ontem com analistas na regional São Paulo da Apimec, o presidente da Gerdau não comentou sobre reajustes de preços de venda do aço comercializado pelo Grupo, diante da atual valorização dos preços do minério de ferro e do carvão. Por outro lado, reiterou, a exemplo da teleconferência de resultados do 3T16, que o ambiente da demanda por aço permanece desafiador tanto no Brasil quanto nos EUA e que o Grupo segue avaliando as possibilidades de venda de ativos. Notícia neutra.

Paranapanema

O engenheiro agrônomo, Christophe Malik Akli, renunciou ao cargo de Diretor Presidente da Paranapanema. Para ocupar interinamente a presidência, o Conselho de Administração designou Marcos Paletta Camara, atual Diretor Financeiro e de Relações com Investidores.

Sanepar avalia sua Base Regulatória

O Conselho de Administração da empresa autorizou o encaminhamento ao Instituto das Águas do Paraná, do resultado da avaliação da Base de Ativos Regulatórias, realizada pela empresa de Serviço Técnico de Avaliação de Patrimônio e de Engenharia. A data base do laudo de avaliação remete a dezembro de 2015, portanto, os valores apresentados ao regulador estão sujeitos a atualizações monetárias, adições e baixas ocorridas no exercício de 2016. Vemos a notícia positiva, uma vez que se trata de um dos passos necessários para criação de um arcabouço regulatório para a empresa. A criação de critérios técnicos para reajuste de tarifas blinda a companhia contra fixação de tarifas baseada em critérios políticos.