Curtas Empresas

Cemig obtém liminar para manter a Cemig Geração e Transmissão no controle da Usina Hidrelétrica de Miranda

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Ministra Laurita Vaz, concedeu liminar para manter a Cemig Geração e Transmissão no controle da Usina Hidrelétrica de Miranda, em Minas Gerais, nas bases iniciais do Contrato de Concessão n.º 007/97, até a conclusão do julgamento do mandado de segurança impetrado pela Companhia.

Hypermarcas vende por R$ 1 bilhão seu negócio de produtos descartáveis para a Ontex

No mesmo dia em que esclareceu à Bovespa que não havia assinado instrumento vinculante, a Hypermarcas publicou na noite de ontem um comunicado confirmando um Contrato de Compra e Venda de Ações com a Ontex Group para alienação de seu negócio de produtos descartáveis. O preço, de R$ 1 bilhão, será recebido à vista no primeiro trimestre de 2017, quando a Hypermarcas espera concluir a transação, que depende da aprovação de órgãos de defesa da concorrência. O Negócio de Produtos Descartáveis é substancialmente composto pelas marcas de fraldas infantis Pom Pom, Cremer e Sapeka, além de Bigfral, marca líder no Brasil no segmento de fraldas para incontinência. A transação atual, em conjunto com a venda do negócio de cosméticos para a Coty em 2015 e com a venda do negócio de Preservativos para a Reckitt Benckiser Brasil este ano, conclui o processo de reestruturação do portfólio da Hypermarcas, que se torna, então, uma empresa farmacêutica pura. Notícia positiva.

Petrobras

Recebeu US$ 5 bilhões do China Development Bank, referente ao contrato de financiamento assinado em 15/12/2016 e reiterou que não há necessidade de novas captações líquidas para o biênio 2017-2018, em linha com as premissas estabelecidas no Plano de Negócios e Gestão 2017-2021. Contudo, a Petrobras afirma que continuará avaliando novas oportunidades de funding de acordo com sua estratégia de gerenciamento de passivos, que visa à melhora do perfil de amortização e à redução do custo de sua dívida.

Triunfo Participações

A Companhia e sua controlada Transbrasiliana informam que foi autorizado pela ANTT o reajuste anual da tarifa básica de pedágio para a BR-153, trecho que se inicia na divisa entre os Estados de Minas Gerais e São Paulo no município de Icém e termina na divisa entre os Estados de São Paulo e Paraná, no município de Ourinhos. A tarifa para carros, ônibus e caminhões passará de R$ 4,30 para R$ 4,80 e a a tarifa para motocicletas, motonetas e bicicletas motorizadas passará de R$ 2,15 para R$ 2,40. As novas tarifas passam a valer nas quatro praças de pedágio da Transbrasiliana a partir da zero hora de terça-feira, dia 27 de dezembro de 2016. O reajuste não contempla novas obras de duplicação do trecho da rodovia BR-153, cuja inclusão se encontra em análise junto ao TCU.