Cemig: Renova aceita proposta da AES Tietê para aquisição de Alto Sertão II

A Renova Energia S.A. informou que, dando sequência ao Fato Relevante de 12/01/2017, aprovou em Reunião do Conselho de Administração a aceitação da oferta vinculante enviada pela AES Tietê Energia S.A. para aquisição do complexo Alto Sertão II. A Companhia reafirma que a conclusão da transação deverá ocorrer apenas após a assinatura do contrato de compra e venda de ações e o cumprimento de condições precedentes usuais em operações dessa natureza. Notícia positiva.

Dasa aprova aumento de capital

A Dasa – Diagnósticos da América S.A. informou a aprovação de aumento do capital social da empresa de, no mínimo, 1.100.105 ações ON, e, no máximo, 1.121.964 ações do mesmo tipo, ao preço de emissão de R$ 18,94, totalizando, no mínimo, R$ 20,8 milhões e, no máximo, R$ 21,2 milhões. Os atuais acionistas terão direito de preferência na subscrição de novas ações, na proporção da quantidade de ações que são titulares. A partir de 27/01/2017, as ações serão negociadas “ex-direitos de subscrição”.

Energias do Brasil divulga entregas de energia do 4T16

No segmento de distribuição, ocorreu queda de 4,2% nas entregas totais de energia, incluindo mercados cativo e livre. Na Bandeirante Energia, a queda foi de 0,1% e na Escelsa ocorreu recuo de 9,8%. No segmento de geração, a retração de vendas alcançou 2,3% e no segmento de comercialização ocorreu expressiva expansão de 54,1%, este ultimo fato devido à elevada volatilidade do PLD, que propiciou grande liquidez no mercado de “trade”. Notícia negativa para a Energias do Brasil.

Eztec lança mais 18% de empreendimentos em 2016 mas vendas líquidas caem 80% em relação as de 2015

No ano passado a EZTEC adequou o seu padrão de lançamentos à realidade do momento econômico e lançou um VGV de R$ 205 milhões, um acréscimo de 18% com relação aos R$ 197 milhões de 2015. Os lançamentos foram direcionados para os segmentos de média-alta e alta renda porque esses segmentos mostram maior resiliência em um período em que a renda e o crédito imobiliário para o usuário final estiveram reduzidos. A Eztec distanciou-se do modelo de grandes projetos que predominou durante o seu boom de lançamentos e adotou projetos menores voltados para a cidade de São Paulo. Em 2016, as vendas líquidas de distratos alcançaram R$ 76 milhões, 80% inferior ao valor de venda líquida de 2015. A retração das vendas líquidas é notícia negativa mas já havia sido registrada até setembro de 2016.

MRV emite debêntures

A MRV fará sua 9ª emissão de debêntures não conversíveis em ações no valor total de
até R$ 500 milhões, com valor nominal unitário de R$ 10 mil, das quais R$ 235 milhões terão garantia firme de colocação. As debêntures serão emitidas em três séries, vencendo a primeira em 15/02/2020 e a segunda e terceiras séries em 15/02/2022. A MRV ainda não informou o destino dos recursos.

Sabesp anuncia início do processo da segunda revisão tarifária

A ARSESP deu início à segunda revisão tarifária da Sabesp. A Tarifa Média Máxima Preliminar será autorizada até 10 de junho de 2017. A Tarifa Média Máxima Final será divulgada e autorizada até 10 de abril de 2018. Será aplicada a mesma metodologia já utilizada e aprovada por ocasião da 1ª Revisão Tarifária Ordinária da SABESP. As diferenças de receitas entre a Po Preliminar e a Po Final serão devidamente compensadas, aplicando-se às tarifas do serviço público de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por ocasião do reajuste tarifário a ocorrer em 11 de abril de 2018. Notícia positiva.

Unipar

A Comisión Nacional de Valores, a “CVM” argentina, aprovou o prospecto final referente à oferta pública obrigatória de aquisição de até a totalidade das ações em circulação do capital da Unipar Indupa S.A.I.C., atual denominação da Solvay Indupa, negociadas na Bolsa de Valores de Buenos Aires. Notícia neutra.