CVC conclui parte de direito de exercício de opção de compra em duas sociedades controladas

Efetivou a opção de compra de participação societária de 33% do capital social das sociedades Read Serviços Turísticos S/A e Reserva Fácil Tecnologia S.A.. O exercício da opção de compra está inserida no contexto dos direitos adquiridos quando da aquisição de participação societária nestas sociedades em dezembro de 2014 e agosto de 2015. As operações já previam opções de compra e venda, que disciplinavam os termos pelos quais a CVC poderia adquirir os 49% restantes do capital social da Read e da Reserva Fácil. Tais opções de compra poderiam ser exercidas em 2016, 2017 e 2018 e a Companhia optou por exercer, em 2017, a opção de aquisição de 33% de participação societária adicional, permanecendo o seu direito ao exercício da opção de compra dos remanescentes 16% para 2018. Com o exercício das opções de compra, a CVC passa a deter, direta ou indiretamente, 84% do capital social votante e total da Read e da Reserva Fácil. Notícia positiva.

Renova vende ações da TerraForm

Foi celebrado nesta data, entre a Companhia e a Brookfield Asset Management (por meio do seu veículo Orion US Holding 1 L.P), o contrato de compra e venda das Ações que a companhia detém na empresa americana TerraForm Global Inc.. O preço total de aquisição das ações será de US$ 92,8 milhões, a ser pago à companhia em dinheiro na data do fechamento da transação, após o atendimento de determinadas condições precedentes. Também nesta data foi celebrado um acordo entre a companhia e a TerraForm Global no qual as partes concordam em encerrar o processo de arbitragem mediante compensações à Renova de US$15,0 milhões. Notícia positiva, constituindo-se em mais um passo no sentido do saneamento da companhia.

Paranapanema renova Acordo de Standstill

Em conjunto com seus principais credores, a Paranapanema realizou o primeiro aditamento ao Instrumento Particular Conjunto de Assunção de Obrigação de Não Fazer e Outras Avenças, o chamado Acordo de Standstill, de forma que seus efeitos vigorarão até 20 de Junho de 2017. Até lá, os credores que assinam o documento comprometem-se a não tomar medidas relacionadas a cobrança de seus créditos, inclusive abstendo-se de vencer antecipadamente obrigações de pagamento de principal ou juros, executar garantias, ou fazer apontamentos voluntários nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito em decorrência dos instrumentos financeiros e/ou de dívida bancárias elencados no Acordo de Standstill. Há tempos a Paranapanema vem anunciando seguidas renovações do Acordo, o que demonstra dificuldade em realizar uma renegociação definitiva de seu elevado endividamento. Notícia negativa.

Conselho da Transmissão Paulista aprova dividendo

O CA acabou de aprovar a distribuição de dividendos intermediários no montante de R$ 135 milhões, correspondentes a R$ 0,819569/ação para ambas as espécies de ações com liquidação financeira em 13/06/2017. A data ex-direito para pagamento será 02/06/2017. Considerando as cotações de fechamento da sexta-feira (26 de maio) o Yield da ação PN é de 1,31% e da ação ON é de 1,52%.