O exterior segue envolto de incertezas vindas dos EUA, tanto de Donald Trump quanto do Fed, que ontem manteve sua taxa de juros sem explicitar quando poderia voltar a elevar os juros, apesar de ressaltar que isto ocorrerá gradualmente. Os dados econômicos norte-americanos devem atrair o foco dos agentes do mercado, uma vez que estes vêm mostrando números positivos e podem colaborar para futuras decisões do Fed.

Por aqui a agenda de indicadores está vazia, com a safra de balanços restrita ao Bradesco, que divulgou há pouco seus números de 2016, e TIM Part, após o fechamento do mercado. Os investidores também deverão estar atentos à eleição da presidência da Câmara e da escolha do novo relator da Lava Jato no STF.

As bolsas europeias têm comportamentos divergentes, com ligeiras altas em Londres e Paris, enquanto em Frankfurt o sinal é negativo. Os futuros do Dow Jones e S&P 500 caiam 0,4%. Já o Ibovespa futuro, às 9h39, registrava baixa de 0,65%.

Foco Gráfico

O Ibovespa-futuro abriu em queda e se perder o suporte imediato de 64.450 pontos poderá atingir 64.075/64.000 pontos. Caso consiga se sustentar acima deste apoio imediato, poderá voltar a oscilar no interior do grande triângulo e alternar momentos de alta ou baixa (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

O dólar-futuro deu continuidade à trajetória baixista, mas é pouco provável que perca o suporte representado pelo fundo formado em R$ 3,125 sem prévio congestionamento intraday ou tentativa de recuperação (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica

Balanços 2016

Bradesco

O lucro líquido ajustado de 2016 foi de R$ 17,121 bilhões, com redução de 4,2% em relação a 2015 (R$ 17,873 bilhões). O lucro líquido contábil foi de R$ 15,084 bilhões, contra R$ 17,190 bilhões em 2015 (-12,3%). Considere-se que em 2015 ocorreram ganhos com ativação de créditos tributários, bem como em 2016 mais gastos com PDD. A carteira de crédito expandida em dezembro de 2016 atingiu R$ 514,990 bilhões, com aumento de 8,6% em relação ao saldo de dezembro de 2015. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 172,045 bilhões (crescimento de 16,4% em relação a dezembro de 2015), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram R$ 342,945 bilhões (aumento de 5,1% em relação a dezembro de 2015). O índice de inadimplência acima de 90 dias continuou pressionado, ao atingir 5,5% em dezembro de 2016, contra 5,4% em setembro de 2016 e 4,2% em dezembro de 2015.

Agenda

Corporativa

Econômica

Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.