O primeiro pregão da semana deve começar em alta, conforme aponta os contratos de Ibovespa futuro. Os investidores avaliam balanços corporativos, assim como os números da Pesquisa Focus, que mostrou menores projeções para os índices de preços neste ano, o que permitiu redução na perspectiva da Selic no final de 2017. Vale destacar que, a partir de hoje, o horário regular de negociação no segmento Bovespa será de 10h as 17h, com o after market ocorrendo de 17h30 as 18h.

No exterior, a semana com várias reuniões de política monetária nas principais economias do mundo traz alguma cautela aos investidores, com as bolsas europeias iniciando o período com ligeiras altas, enquanto os futuros do Dow Jones e S&P 500 caem na margem.

Leia a Perspectiva Semanal no Blog Onde Investir

Confira o Balanço de Hoje

ALPARGATAS

A expansão da receita e do lucro bruto no Brasil compensou a perda na Argentina e em Sandálias Internacional. A receita líquida de 2016 foi semelhante a de 2015, atingindo R$ 4 bilhões. O lucro atribuído aos acionistas da empresa controladora foi de R$ 362 milhões (R$ 272 milhões em 2015), crescimento ajudado pela redução da despesas operacionais.

FERBASA

O volume de ferroligas comercializado em 2016 foi 28% acima do volume de 2015, tendo como principal fator o aumento de 109,7% nas exportações e com isso a receita líquida superou R$ 1 bilhão, 17% maior do que a receita de 2015. Por outro lado, o aumento de preço de insumos estratégicos e das despesas comerciais, administrativas e financeiras, fizeram o lucro da Ferbasa cair para R$ 69,7 milhões em 2016 (R$ 173 milhões em 2015).

TAESA

O lucro líquido alcançou R$ 862 milhões, cerca de 5,2% inferior a 2016. Tivemos uma queda de 9,8% na receita líquida e um recuo de 10,9% no resultado da atividade, fatos que ajudam a explicar a retração do lucro líquido. O resultado financeiro líquido negativo também caiu (-14,5%), mas não foi suficiente para compensar a fraca performance operacional.

VALID

A receita líquida foi de R$ 1,7 bilhão em 2016, representando 5,3% acima dos R$ 1,6 bilhão em 2015. No Brasil a receita totalizou R$ 863,1 milhões, queda de 2,1% em relação ao ano anterior, enquanto as operações no exterior totalizaram USD 246,3 milhões, aumento de 9,5% em relação a 2015. O lucro líquido foi de R$ 88,3 milhões em 2016, 33,7% menor que em 2015, impactado pela desaceleração da economia brasileira e, também, pelo aumento de R$ 42,0 milhões na linha de outras despesas operacionais devido aos gastos com reestruturação e corte de custos realizados ao longo de 2016 e a amortização do ágio na aquisição da Valid AS.

Agenda Corporativa

BALANÇO 2016 (após o fechamento do pregão)

GENERALSHOPP
JBS

TELECONFERÊNCIA

ALPARGATAS. 13h00 (português)
COPASA. 15h00 (português e inglês)
FERBASA. 13h30 (português e inglês)
TAESA. 14h00 (português e inglês)
VALID. 9h00 (Português) e 11h00 (Inglês)

As empresas podem alterar o cronograma de publicação de balanço sem aviso prévio // Em Negociação ex-Direito o JCP é bruto de Imposto de Renda // Em Pagamento de Proventos o JCP é líquido de Imposto de Renda

Análise Gráfica

O Ibovespa-futuro abriu em alta, penetrando na resistência imediata de 65.735 pontos e se conseguir vencê-la poderá estender o repique até 66.430 pontos (comentário feito às 09h09 e baseado no gráfico intraday de 30’).

O dólar-futuro abriu em queda e poderá, mesmo que depois de algum congestionamento intraday, atingir o objetivo representado pelo fundo formado em R$ 3,134 (comentário feito às 09:09 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica

Economia em Foco

FOCUS

Novos ajustes do mercado após divulgação do PIB e IPCA

Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.