O Ibovespa futuro tenta se manter acima dos 60 mil pontos neste início de negócios, mas ainda indica uma abertura negativa no mercado à vista da Bovespa. A queda ainda é reflexo das incertezas com o futuro governo de Donald Trump, mas também embute a perspectiva de elevação dos juros nos EUA em dezembro. Esta expectativa dá força ao dólar e pesa sobre o petróleo e algumas commodities metálicas nesta manhã. Os fatores internos também são considerados, com foco nas articulações para a aprovação no Senado da PEC do teto dos gastos. No campo corporativo, destaque para a confirmação da venda da Liquigás para a Ultragaz (veja mais no item Curtas Empresas). Às 9h39, o Ibovespa futuro registrava baixa de 0,33%.

Foco Gráfico

O Ibovespa-futuro abriu em baixa e atingiu o fundo imediato de 59.870 pontos, que sendo um suporte poderá provocar algum congestionamento. No entanto, por enquanto permanecem maiores as chances de manutenção da queda sinalizada no rompimento da figura de flâmula (o afunilamento) na direção do fundo formado em 58.850 pontos. (comentário feito às 09:10 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

O dólar-futuro tenta romper para cima o processo de congestionamento do tipo triângulo, mas terá que ultrapassar a resistência imediata de R$ 3,451 para permitir a expectativa de extensão dos avanços até o topo formado em R$ 3,527. (comentário feito às 09:10 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica

Economia em Foco

IGP-M: variou 0,02% no segundo decêndio de novembro, ante 0,16% no mesmo período do mês anterior. O IPA variou -0,08%, ante 0,19%, com desaceleração no índice de Bens Finais (-0,22%, ante 0,09%), destacando o grupo combustíveis e lubrificantes para a produção (de -0,28% para -1,83%). O índice de Bens Intermediários também apresentou desaceleração (de 0,09% para -0,22%), enquanto Matérias-Primas Brutas (de 0,24% para 0,80%) apresentou variação positiva. O IPC foi de 0,27%, ante 0,08%, com 7 das 8 classes acelerando, destacando o grupo Transportes (de 0,29% para 0,70%), com o item gasolina passando de -0,06% para 1,46%. O INCC teve variação de 0,13%, ante 0,12%.

IPC-Fipe: avançou 0,30% na 2ª quadrissemana de novembro, contra 0,33% na última divulgação. Dos sete grupos pesquisados, quatro assinalaram desaceleração: Alimentação (-0,41% para -0,58%), Transportes (0,72% para 0,67%), Saúde (0,61% para 0,53%) e Educação (0,11% para 0,10%). As acelerações ocorreram nos grupos Habitação (0,35% para 0,41%) e Despesas Pessoais (1,05% para 1,10%). O grupo Vestuário permaneceu em 0,49%.

Agenda

Corporativa

Econômica

Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.