Enquanto aguardam a primeira prévia do PIB dos EUA no 4º tri/16, os mercados acionários estrangeiros assumem uma posição de maior cautela nesta manhã. Os investidores também estarão de olho na visita da primeira-ministra britânica, Theresa May, a Donald Trump.

Após os recentes ganhos, a Bovespa pode acompanhar a maior cautela externa e iniciar o dia com ligeira realização de lucros, após seu principal índice superar os 66 mil pontos no pregão de ontem. O noticiário corporativo também deve ter destaque, com o anúncio da Petrobras de redução dos preços da gasolina e diesel nas refinarias, a oferta pública restrita de novas ações da CCR e a compra de participação da Bolsa de Valores de Lima pela BM&F Bovespa.

As bolsas europeias operam em baixa, enquanto os futuros do Dow Jones e S&P 500 subem na margem. Já o Ibovespa futuro, às 9h41, registrava queda de 0,15%.

Foco Gráfico

O Ibovespa-futuro ainda está corrigindo os recentes avanços, mas não sinalizará uma queda mais importante enquanto não perder o suporte imediato de 66.000 pontos. A resistência mais próxima está representada pelo topo formado em 67.100 pontos e terá que ser vencida para permitir a expectativa de retomada de sua anterior trajetória ascendente (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

O dólar-futuro mostra condição indefinida neste momento, precisando ultrapassar a resistência situada em R$ 3,198 para indicar a possibilidade de ingresso em um repique de maior intensidade ou perder o suporte de R$ 3,16, para dar continuidade à anterior trajetória baixista (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica

Gestão nas Cias Abertas

Cielo

Raul Francisco Moreira e Eurico Ramos Fabri foram substituídos por Marcelo Augusto Dutra Labuto e Rômulo de Mello Dias, respectivamente, na presidência do Conselho de Administração e como membro do mesmo Conselho.

Cyrela Realty

Eric Alencar renunciou aos cargos de Diretor Financeiro e de Relações com Investidores. Em seu lugar assumem Miguel Maia Mickelberg, como Diretor Financeiro, e Paulo Eduardo Gonçalves, como Diretor de Relações com Investidores.

Paranapanema

Já desde o final de 2016 interinamente na presidência da Paranapanema, Marcos Paletta Camara foi oficialmente alçado ao cargo de Presidente pelo Conselho na RCA de ontem. Marcos vai acumular a presidência executiva com o cargo de Diretor de Relações com Investidores até que ocorra a eleição de seu substituto.

Economia em Foco

Sondagem da Construção.

Depois de duas sondagens em alta – do Consumidor e do Comércio – veio a da Construção Civil, também mostrando recuperação. Em janeiro, o Índice de Confiança da Construção (ICST), da FGV, subiu 2,5 pontos, atingindo 74,5 pontos, o maior nível desde junho de 2015 (76,2 pontos). Com isso, confirma-se o momento de virada da economia brasileira, ainda mais depois do BACEN iniciar um ciclo mais agressivo de cortes da taxa Selic. Lembremos que o setor imobiliário é muito sensível ao crédito e à redução do juro.

Decisão do Conselho Monetário Nacional.

O CMN anunciou nesta quinta uma maior restrição ao uso do crédito rotativo para financiar dívidas do cartão. A partir do dia 3/4 passa a valer o financiamento no crédito parcelado, modalidade que deve ser adotada para quem atrasar a fatura por mais de um mês. Hoje, os consumidores podem ficar presos ao rotativo por tempo indeterminado. Com esta decisão do CMN, esse tipo de financiamento passa a ser usado apenaspor 30 dias.

Agenda

Corporativa

Econômica

Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.