Eletrobrás comenta sobre notícias da mídia

A respeito de notícias de que a empresa pretende reduzir sua relação dívida líquida/Ebitda, do patamar atual de 4,7x para 3,0x e que pretende reduzir substancialmente seus gastos com pessoal, a empresa informou que tais informações procedem, mas que já haviam sido divulgadas por canal próprio. Notícia positiva, a companhia segue em seu firme propósito de promover saneamento financeiro e operacional.

Randon e Fras-le: receita líquida de setembro

A receita líquida consolidada da Randon em setembro de 2017 atingiu R$ 253,6 milhões ou 44,7% maior que a registrada em setembro de 2016, que foi de R$ 175,2 (36,1% menor que a registrada em setembro de 2015). Já a receita líquida consolidada da Fras-le foi de R$ 72 milhões ou 16,4% maior que a de setembro de 2016, que havia sido de R$ 61,8 milhões (16,4% menor que a registrada em setembro de 2015. Em setembro, a Randon registra o quinto mês consecutivo de crescimento da receita líquida, já a Fras-le consolida o segundo mês de aumento da receita líquida.

Sabesp e Emae assinam aditivo ao Acordo para Solução de Pendências

Em complementação ao Fato Relevante divulgado em 28 de outubro de 2016, intitulado “Celebração de Instrumento Particular de Transação e outras Avenças com a EMAE para o encerramento de disputas judiciais e arbitrais”, e ao Comunicado ao Mercado divulgado no dia 11 de outubro de 2017 ocorreu na data de hoje, a assinatura do Primeiro Aditivo ao Instrumento Particular de Transação e Outras Avenças entre a Sabesp e a EMAE com o propósito de excluir a condição suspensiva relativa à necessidade de aprovação do Instrumento pela assembleia geral de acionistas da EMAE, mantendo-se os demais termos e condições da transação. Notícia positiva, segue o acordo para solução das pendências existentes entre as duas empresas.

Cias Aéreas: acaba de ser noticiado que a Avianca, a Azul, a GOL e a Latam são investigadas pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor sobre indícios de infração ao Código de Defesa do Consumidor. As empresas são objeto de um mesmo processo, que também atinge a Associação Brasileira de Empresas Aéreas. O despacho, publicado no Diário Oficial da União, não revela as supostas irregularidades que as empresas teriam cometido, apenas cita artigos da legislação nos quais as infrações poderão ser enquadradas, dentre os quais os que tratam da proteção dos clientes contra publicidade enganosa e contra cláusulas contratuais abusivas. As empresas têm 10 dias para apresentar defesa. Noticia negativa.