O final de semana aparentemente não foi suficiente para acalmar os ânimos. Enquanto Michel Temer tenta se equilibrar no poder, seguem as incertezas sobre sua governabilidade e o futuro das importantes reformas, que correm o risco de sofrerem atrasos. Assim o Ibovespa futuro volta a operar em baixa nesta segunda-feira, os juros futuros saltam alguns pontos e o dólar também se valoriza, se aproximando novamente dos R$ 3,30.

Nem mesmo o bom desempenho dos mercados estrangeiros, em especial das commodities, parece capaz de ofuscar a crise interna. Lá fora o petróleo volta a operar em alta, beneficiado pela expectativa de postergação do acordo de corte da produção, enquanto os contratos futuros de minério de ferro na China subiram. As bolsas têm, na maioria, sinal positivo, com exceção para o DAX-30, de Frankfurt.

Agenda Corporativa

PAGAMENTO DE PROVENTOS

IGTA3. Dividendo de R$ 0,679545/ação
SNSL3. JCP de R$ 0,08035/ação

REUNIÃO COM EMPRESA

ITAUUNIBANCO
APIMEC SUL. 19h00 no Sheraton Porto Alegre Hotel, Sala Mercosul, Porto Alegre, RS

SANTANDER BR

APIMEC RIO. 15h00 às 17h00 no Hilton Rio de Janeiro Copacabana, Sala Angra dos Reis, Rio de Janeiro, RJ

As empresas podem alterar o cronograma de publicação de balanço sem aviso prévio // Em Negociação ex-Direito o JCP é bruto de Imposto de Renda // Em Pagamento de Proventos o JCP é líquido de Imposto de Renda

Análise Gráfica

O Ibovespa-futuro abriu em baixa e praticamente atingiu o suporte representado pelo fundo formado em 61.000 pontos, que se for perdido aumentará as chances de continuação da queda até o fundo principal de 57.780 pontos (comentário feito às 09h10 e baseado no gráfico intraday de 30’).

O dólar-futuro reagiu depois de atingir a projeção de 50,05% de Fibonacci (retas vermelhas) e se ultrapassar a resistência imediata de R$ 3,318 poderá estender o repique até R$ 3,355 (comentário feito às 09h10 e baseado no gráfico intraday de 30’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica

Economia em Foco

FOCUS

Expectativa de inflação recuou de 3,93% para 3,92% para este ano. Houve também aumentos nas projeções para a taxa de crescimento da Indústria e do superávit comercial.

Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho, conforme Contrato de Prestação de Serviços com as Instituições Clientes. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.