Após começar a semana com queda, o Ibovespa futuro aponta uma abertura positiva nesta terça-feira. No exterior, o clima de cautela impera ainda por conta das tensões entre Coreia do Norte e EUA. Os agentes aguardam o discurso da presidente do Fed, Janet Yellen, e de outros dirigentes da instituição em busca de indícios sobre um novo aumento de juros nos Estados Unidos neste ano.

Em mais um dia de agenda econômica fraca, os investidores domésticos acompanham uma nova tentativa de leitura do texto da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Michel Temer na Câmara dos Deputados, além do andamento das reformas políticas e da previdência.

Agenda Corporativa

ASSEMBLEA

TELEBRAS. AGE às 15h00, Brasília, DF
Assunto: Aumento de capital no valor de R$ 1,331 bilhão, mediante créditos da União

REUNIÃO COM EMPRESA

FIBRIA. Investor Tour 2017. De 8h00 às 14h45, Unidade Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
ITAUSA. Apimec SP às 10h30, Hotel Unique, São Paulo, SP
ITAUUNIBANCO. Apimec SP às 14h00, Hotel Unique, São Paulo, SP

Análise Gráfica

O Ibovespa-futuro abriu em ligeira alta, mas precisa ultrapassar a resistência imediata de 75.055 pontos para permitir a expectativa de formação de um repique corretivo mais forte. Por outro lado, em caso de perda do suporte representado pelo fundo formado em 74.640 pontos, aumentarão as chances de continuação da trajetória baixista na direção do objetivo de 74.200 pontos. (comentário feito às 09h10 e baseado no gráfico intraday de 30’).

O dólar-futuro manteve sua trajetória altista e poderá atingir a projeção situada em R$ 3,192, mesmo que depois de algum congestionamento provocado pelos elevados níveis do Indicador de Força Relativa (comentário feito às 09h10 e baseado no gráfico intraday de 30’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica


Economia em Foco

ICST

Sondagem da Construção assinala alta de 1,4 ponto em setembro

Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho, conforme Contrato de Prestação de Serviços com as Instituições Clientes. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.