O Ibovespa futuro indica abertura positiva no último pregão da semana. Os investidores domésticos ainda monitoram os desdobramentos da crise causada pela paralisação dos caminhoneiros. Ontem, representantes do governo e entidades de caminhoneiros chegaram a um acordo, que dentre outras prevê prazo de 30 dias para reajustes no preço do diesel, e não mais diariamente, além de manter desconto de 10% no combustível por 30 dias.

Os índices acionários europeus operam com ganhos nesta manhã, com os investidores avaliando indicadores econômicos de importantes países da região e repercutindo a reação, considerada moderada, da Coreia do Norte à decisão de Donald Trump em adiar o encontro com Kim Jong-Un.

Agenda Corporativa

ASSEMBLEIAS

BRF S.A., AGE, 11h00, Itajaí
1. Retificar valor da remuneração anual dos membros do CA e da Diretoria para o exercício de 2018; 2. Alterar o Plano de Outorga de Ações Restritas; 3. Autorizar a celebração de contratos de indenidade entre a BRF e os membros de seu Conselho de Administração

TRIUNFO PART, AGE, 10h00, São Paulo.

1. Ratificação do pedido de recuperação judicial de suas controladas

Análise Gráfica

O Ibovespa-futuro experimenta alguma recuperação, mas terá que ultrapassar a resistência imediata de 81.000 pontos para tentar estender o repique até a reta de baixa, que neste momento passa em mais ou menos 82.000 pontos (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

O dólar-futuro permanece em situação indefinida, oscilando em um congestionamento lateral e somente indicará novas altas se ultrapassar a resistência imediata de R$ 3,681 ou possibilidade de nova queda, em caso de perda do suporte situado em R$ 3,62 (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 60’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica


Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho, conforme Contrato de Prestação de Serviços com as Instituições Clientes. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.