O Ibovespa futuro mostra indefinição de tendência, assim como as bolsas internacionais, que operam com oscilações marginais entre os campos positivo e negativo. Lá fora há algum retorno das tensões entre Coreia do Norte e EUA, enquanto investidores também avaliam dados econômicos e balanços corporativos do 3º trimestre.

Por aqui se inicia a sessão da CCJ da Câmara dos Deputados que votará sobre a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. As commodities, que nas últimas sessões ajudaram a impulsionar ações com grande peso no Ibovespa, nesta terça-feira operam no mercado internacional com fôlego limitado, com o petróleo em leve alta e o minério de ferro fechando em baixa na China.

Agenda Corporativa

NEGOCIAÇÃO EX-DIREITO

HBOR3. Ex-subscrição de 0,429604 ação para cada 1 ação ON possuída ao preço de R$ 2,00 cada. Direitos até 08/11/2017.

Análise Gráfica

Apesar da pequena queda inicial o Ibovespa-futuro está em situação indefinida, já que uma precipitação importante somente se confirmará em caso de perda dos suportes situados em 76.575 e 76.430 pontos, sendo este último a reta de sustentação. Por outro lado, em caso de superação das resistências imediata de 77.055 e 77.350 pontos (a reta de baixa) aumentarão as chances de ingresso em nova manifestação altista (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

O dólar-futuro mostra disposição altista e poderá atingir as projeções representadas pelos topos formados em R$ 3,188 e R$ 3,194 (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica


Economia em Foco

PMS

Setor de Serviços volta a cair em agosto

Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho, conforme Contrato de Prestação de Serviços com as Instituições Clientes. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.