Agenda

img style=”width: 574px; height: 89px;” alt=”” src=”http://dl.dnzdns.com/v/rBuF67ABF0496″>

Dólar X Real

O dólar futuro para abril estava em alta ao longo do pregão, mas trinta minutos antes do fechamento teve sua valorização do pregão zerada por notícias que o Governo Federal irá anunciar um programa de contingenciamento de R$ 58 bilhões do Orçamento Federal. Está marcado para terça-feira o anúncio de onde vão ser os cortes, podendo ser aumento de impostos para empresas que tiveram desoneração concedidas no governo PT, elevação de PIS/Cofins, IOF e provavelmente câmbio.

Açúcar e Etanol

São Paulo é o maior pólo sucroalcooleiro do país e maior consumidor do biocombustível proveniente da cana. Os preços do etanol vêm caindo nos pontos do ES e ampliando suas margens na venda de etanol. Segundo dados da ANP a queda do etanol nas usinas já chega a 17,8% porém o preço médio pago nas bombas teve recuo de apenas 5,9%.

A valorização do real frente ao dólar, visto que muitas usinas têm seu endividamento atrelado a moeda americana e a alta nas cotações do açúcar, motivaram a queda de 5,95% no endividamento das usinas no Brasil em 2016. Em fev/16 a moeda americana teve seu fechamento médio em R$3,9699 enquanto em fev/17 teve fechamento médio em R$3,1035. As perspectivas de boa safra de açúcar no Brasil e Índia, principais produtores mundiais, continua pressionando os preços mais longos da commodity na Bolsa de NY. No Brasil as estimativas são de produção de 36,8 milhões de toneladas de açúcar na safra 2017/18, alta de 3,5% do estimado para safra atual. O contrato mai/17 fechou a US$ 17,30 queda de 2,31% e jul/17 a US$ 17,29 queda de 0,17%. No mercado interno o açúcar cristal em São Paulo fechou a R$ 76,92 a saca de 50kg, alta de 0,76%.

Grãos

No Mato Grosso do Sul a Aprosoja já estima 91,2% de área de soja colhida no estado. A região sul do estado já atinge 95,2% de área colhida e é a mais avançada do estado. Na safra passada, 2015/16, o estado teve uma área de 2,46 milhões de hectares plantados, a safra atual a área projetada foi de 2,5 milhões de hectares, alta de 2,4%. Já a produção na safra passada ficou em 7,601 e na safra atual se é estimada uma produção de 8,165 milhões de toneladas alta de 7,4%. Para o Brasil a Agroconsult já projeta uma produção de 111 milhões de toneladas, ante projeção de 107,8 milhões de toneladas no mês anterior. Ontem a soja mai/17 fechou a US$ 999,75 queda de 0,17% e jul/17 a US$ 1.010,25 queda de 0,14%.

Relatório divulgado pelo USDA informa que o México continuará fortemente dependente do milho americano. Os mexicanos já começaram a conversar com outros países produtores de milho para estreitar relacionamento, como é o caso do Brasil, mas o relatório informa que no futuro próximo a importações de milho para o México ainda estarão muito enraizadas com os americanos. O avanço da colheita de milho no Brasil vem pressionando os contratos do cereal na Bolsa de Chicago. As boas condições das lavouras vêm elevando a projeção de produção no país com casas já até prevendo uma produção de 98 milhões de toneladas, o que seria um recorde. O USDA porém projeta uma produção de 91,5 milhões de toneladas. Ontem o milho mai/17 fechou a US$ 358,75 queda de 0,69% e jul/17 fechou a US$ 366,50 queda de 0,61%. No mercado interno o milho ficou em R$ 32,80 a saca de 60kg, queda de 1,18%.

Café

Ontem (22) tivemos a realização dos leilões de café robusta por meio do Sistema Eletrônico de Comercialização (SEC) de estoques privados. Os leilões foram uma tentativa da indústria de café solúvel e torrefadora de adquirir café robusta para seus blends, visto que Temer suspendeu a medida que liberava a importação dessa modalidade de café. Foram realizados oito editais, sendo que dois foram cancelados, na tentativa de compra de 213,5 mil sacas de café. Dos seis editais, os preços variaram de R$ 417 a R$472 a saca e não tivemos nenhum produtor interessado em vender. Blairo havia enviado a Camex uma proposta de liberação de importação de café robusta visto que os produtores tiveram uma grande quebra da sua última safra por secas na região. Produtores se mostraram contrários ao pedido afirmando terem estoques suficientes do café nos seus armazéns para abastecer o mercado interno, mesmo após a Conab ter realizado vistoria nos armazéns do ES e confirmado que a quantidade era insuficiente. Agora a indústria terá que aguardar o novo leilão e esperar que tenham ofertas da commodity. Ontem o café arábica para mai/17 fechou a US$ 141,70 queda de 2,11% e set/17 fechou a US$ 146,35 queda de 2,07%.

Equipe:
Pedro Esberard Barbirato Rosa
pedro.rosa@modal.com.br

Katharyne Amorim Caiaffa
katharyne.caiaffa@modal.com.br

Rio de Janeiro 55 21 3223 7890 | 7934
São Paulo 55 11 2106 6880
www.modal.com.br

Fonte:
http://www.valor.com.br/agro/4910046/industrias-nao-conseguem-comprar-cafe-conilon-em-leilao-privado
http://www.valor.com.br/brasil/4910666/governo-adia-cortes-e-deve-elevar-impostos
http://canaplan.com.br/noticias/setor-sucroenergetico
http://www.valor.com.br/agro/4910500/commodities-agricolas
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/mexico-deve-permanecer-dependente-do-milho-americano-em-2017-18-diz-usda-156489
http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Soja/noticia/2017/03/colheita-da-safra-de-soja-ultrapassa-90-da-area-em-mato-grosso-do-sul.html
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/agroconsult-eleva-previsao-de-safra-de-soja-do-brasil-a-111-mi-t-156492

1) Este documento é fornecido exclusivamente a título informativo e não deve ser considerado uma recomendação, sugestão de estratégia de investimento e/ou análise de valores mobiliários. Rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidades futuras. O Banco Modal S.A. ou quaisquer das empresas que compõem o Grupo Modal (conforme definição legal) não expressam qualquer forma de garantia, implícita ou explícita, através do presente material.

2) Este material não leva em consideração objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas dos Investidores, que devem procurar aconselhamento financeiro destinado às suas necessidades antes de tomar qualquer decisão de investimento com base em informações contidas neste material. O material, inclusive, não representa o oferecimento de produtos, visto que tal oferta só pode ser feita mediante identificação do perfil de risco do cliente.

3) O presente material não representa a opinião do Banco Modal S/A bem como das demais empresas do Grupo Modal e seu conteúdo é de inteira responsabilidade dos responsáveis pela sua elaboração e das respectivas fontes utilizadas.

4) Esta comunicação deve ser lida apenas pelo seu destinatário e não pode ser retransmitida sem autorização formal. Caso recebida indevidamente, por favor destrua-a. Qualquer reprodução, disseminação, alteração, distribuição e/ou publicação deste e-mail é estritamente proibida.

Ouvidoria 0800 283 0077