EMBRAER:

sobre às notícias envolvendo as negociações entre a Embraer e a Boeing veiculadas no jornal Valor Econômico e outros jornais de ontem, a Embraer reafirmou que tem mantido entendimentos com a Boeing com o objetivo de avaliar possibilidades para combinação de seus negócios. Disse que além das duas empresas, o Governo Brasileiro também participa de tais conversas por intermédio do grupo de trabalho formado para este fim. A Embraer afirmou que as conversas consideram uma possível segregação das atividades de aviação comercial da Embraer para fins de tal combinação de negócios, entre outras opções, mas entretanto, até o momento não há definição acerca da estrutura da referida combinação de negócios, incluindo os percentuais que as partes eventualmente
possuirão caso venha a ser implementada. Notícia neutra.