Oi: justiça determina adiamento da Assembleia Geral de Credores

A Assembleia Geral de Credores (AGC) da Oi, que seria realizada hoje, foi adiada para o dia 6 de novembro, em 1ª convocação, e para o dia 27 de novembro, em 2ª convocação. O adiamento foi concedido pelo Juízo da 7ª Vara Empresarial da Capital do Estado do Rio de Janeiro, em resposta ao pedido de adiamento de determinados credores como bancos públicos, instituições financeiras privadas e expressivos fundos detentores de bonds. Em sua decisão, o Juiz Fernando Viana afirmou que a realização da assembleia 15 meses após o deferimento do pedido de recuperação judicial extrapola o limite da lei, mas está dentro da realidade forense. “Se considerarmos a magnitude deste processo, nunca antes vista, em termos de números de credores, valor da dívida, temas inéditos e de profunda complexidade, a AGC será realizada em tempo que considero satisfatório”, diz o Juiz, que também acredita que os detentores de créditos menores não sofrerão prejuízo com o adiamento a AGC, uma vez que a Oi vem fechando acordos via mediação.

Petrobras: Tribunal Regional Federal emite decisão desfavorável à Petrobras

O TRF entendeu que as remessas para pagamento de afretamento de plataformas petrolíferas móveis, no período de 1999 a 2002, estariam sujeitas ao Imposto de renda retido na fonte. A discussão jurídica trata da legalidade de ato normativo da Receita Federal que garante alíquota zero para as referidas remessas. O débito atualizado deste processo é de cerca de R$ 8,8 bilhões. A Petrobras afirma que vai recorrer da decisão do TRF. Notícia negativa.

Smiles Fidelidade inicia negociação hoje

Na sexta-feira foi o último dia de negociação da Smiles, código SMLE3 em razão de sua incorporação pela Smiles Fidelidade S.A., que iniciará negociação no Novo Mercado no pregão de hoje, sob o código de negociação SMLS3.

Transporte Aéreo: demanda doméstica teve o melhor de desempenho do mês de setembro desde 2012

A demanda doméstica por transporte aéreo cresceu 6,6% em setembro deste ano na comparação com setembro de 2016. Segundo a Abear, que reúne os dados das associadas Avianca, Azul, Latam e Gol, este foi o melhor resultado para o mês de setembro na série histórica da Abear, iniciada em 2012. No total, as companhias aéreas, transportaram, juntas, 7,5 milhões de passageiros no segmento doméstico em setembro, número 8% maior que o verificado no mesmo período de 2016. Com isso, o fluxo doméstico encerrou o terceiro trimestre com mais de 1 milhão de passageiros transportados se comparado ao volume de julho a setembro de 2016, configurando uma alta de 4,6%.