A renovação dos temores com a situação fiscal do governo age de forma negativa sobre a perspectiva para a sessão desta terça-feira na B3. Após o adiamento da votação da reforma da Previdência para fevereiro, ontem o governo sofreu mais uma derrota, que trará aumento dos gastos da ordem de R$ 6,6 bilhões. O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, suspendeu artigos da MP que adiavam em um ano o reajuste do funcionalismo federal e elevavam a contribuição previdenciária de servidores federais.

Nos EUA os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq fecharam com novos recorde na sessão de ontem e os contratos futuros voltam a apontar para um pregão positivo nesta terça-feira, ainda impulsionados pela perspectiva de aprovação da reforma tributária. As bolsas europeias operam sem uma sinalização comum.

Agenda Corporativa

NEGOCIAÇÃO EX-DIREITO

ABEV3. Ex-JCP de R$ 0,31/ação.
ROMI3. Ex-JCP de R$ 0,08000ação
CVCB3. Ex-JCP de R$ 0,289234501/ação
TAEE11. Ex-JCP de R$ 0,27029242/Unit
TAEE3. Ex-JCP de R$ 0,09009747333/ação
TAEE4. Ex-JCP de R$ 0,09009747333/ação

PAGAMENTO DE PROVENTO

ELPL3. Dividendo de R$ 0,12597593504/ação
ELPL4. Dividendo de R$ 0,13857352854/ação

REUNIÃO COM EMPRESAS

LE LIS BLANC. Apimec SP, 16h00, Rooftop Le Lis Blanc, São Paulo
LOG-IN. Log-In Investor’s Day, 09h30, Novotel, Rio de Janeiro
METALFRIO. Reunião Pública, 10h00, Sede da Empresa, São Paulo
TAESA. Apimec Rio, 17h30, Centro de Convenções Bolsa do Rio, Rio de Janeiro

Análise Gráfica

O Ibovespa-futuro tem sua imediata reta de sustentação passando neste momento em 73.300 pontos e se perdê-la indicará possibilidade de extensão da queda de hoje até o fundo formado em 72.610 pontos (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

O dólar-futuro tem a resistência imediata em R$ 3,304 e se conseguir vencê-la poderá repicar na direção dos objetivos de Fibonacci (representados pelas retas tracejadas) situados em R$ 3,308 e 3,316 (comentário feito às 09:12 h e baseado no gráfico intraday de 30’).

Assista ao vídeo da Análise Gráfica


Disclaimer:
Este Relatório de Análise foi preparado pela Lopes Filho & Associados, Consultores de Investimentos Ltda. para uso exclusivo do destinatário, não podendo ser reproduzido ou distribuído por este para qualquer pessoa sem expressa autorização da Lopes Filho, conforme Contrato de Prestação de Serviços com as Instituições Clientes. Este Relatório de Análise é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer valor mobiliário ou instrumento financeiro. As informações contidas neste Relatório de Análise são consideradas confiáveis na data de sua publicação. Entretanto, a Lopes Filho não pode garantir a exatidão e a qualidade das mesmas. As opiniões contidas neste Relatório de Análise são baseadas em julgamentos e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças.

Sem prejuízo do disposto acima e em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 483/10, o(s) analista(s) de valores mobiliários responsável(eis) pela elaboração deste Relatório de Análise declara(m) que:

(I) é (são) certificado(s) e credenciado(s) pela APIMEC.
(II) as análises e recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Lopes Filho.
(III) sua(s) remuneração(ões) é (são) fixa(s).

Informações adicionais sobre quaisquer emissores objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas diretamente, por telefone, com o(s) analista(s) responsável(eis). Os Relatórios de Análise podem ser consultados no website http://www.lopesfilho.com.br, cujo acesso é restrito aos assinantes e usuários do serviço de Assessoria em Mercado de Capitais da Lopes Filho. Informações sobre emissores que não são objeto dos Relatórios de Análise podem ser obtidas através de solicitação ao Departamento Comercial.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.