A LC é a Letra de Câmbio. Ela é um investimento de renda fixa semelhante a LCI, CDB e Tesouro Direto.

Geralmente, a sua rentabilidade é mais atrativa quando comparada aos demais ativos, principalmente em relação à poupança.

Para 2020, as expectativas são de que os juros da economia permanecerão baixos. Então, este pode ser o momento ideal para investir em LC e fazer o seu dinheiro render mais.

Além da rentabilidade, a Letra de Câmbio costuma oferecer baixo risco e valores acessíveis para começar.

Antes de investir, você precisa saber como ela funciona e como escolher a melhor para a sua carteira.

Diante disso, preparamos um guia completo com tudo sobre a LC para fazer o seu dinheiro render mais e com segurança a partir de agora. Veja o que você vai aprender:

 

  • O que é Letra de Câmbio (LC)?
  • Como funciona a Letra de Câmbio (LC)?
  • Quais as características da Letra de Câmbio (LC)?
  • Quais as vantagens e desvantagens da Letra de Câmbio (LC)?
  • Qual é o rendimento da Letra de Câmbio (LC)?
  • Como investir na Letra de Câmbio (LC)?
  • Quais são os riscos da Letra de Câmbio (LC)?
  • Qual a diferença entre LC e CDB?
  • Qual a diferença entre LC e LCI?
  • Qual a tributação da Letra de Câmbio (LC)?
  • Qual a Lei que determina os requisitos da Letra de Câmbio (LC)?

 

Boa leitura!

O que é Letra de Câmbio (LC)?

A LC é um título de renda fixa emitido por financeiras.

O nome letra de câmbio, ao contrário do que pensamos, está relacionado à troca de dinheiro por títulos de crédito.

Como funciona a Letra de Câmbio (LC)?

A emissão de LCs está em alta no Brasil

 

O funcionamento da LC consiste em um empréstimo do seu dinheiro para uma financeira, que, por sua vez, é semelhante a um banco.

Em troca, você recebe o pagamento do valor emprestado corrigido por uma taxa de juros, que é a rentabilidade do investimento.

Geralmente, os recursos captados pela LC são utilizados para custear as atividades das financeiras, por exemplo, crédito consignado, financiamentos e empréstimos.

Quais as características da Letra de Câmbio (LC)?

A LC possui prazo de vencimento, que é definido no momento da compra.

Trata-se da data em que a financeira irá devolver o dinheiro que você emprestou corrigido pela taxa de rentabilidade também acertada na aquisição do ativo.

É importante ressaltar que a LC possui carência e baixa liquidez. Isso significa que o resgate antecipado pode gerar perdas através do pagamento de multas e ágios.

Portanto, você deve mantê-la na carteira até a data do vencimento. Assim, o emissor pagará os rendimentos conforme acertado no momento da compra.

Quais as vantagens e desvantagens da Letra de Câmbio (LC)?

Esse ativo é tão seguro quanto a poupança

 

Uma das vantagens de investir em LC é o baixo risco. Isso porque ela conta com a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

Então, caso o emissor quebre, você poderá recuperar o capital investido. Tenha em mente que o órgão garante o ressarcimento de até R$ 250 mil por CPF e instituição.

A rentabilidade da LC costuma ser maior do que os outros investimentos de renda fixa. Isso acontece porque as financeiras querem atrair investidores.

Ao contrário dos bancos, elas não podem captar recursos de conta-corrente, como poupança, CDB e LCA.

Então, ao oferecer uma LC com rentabilidade mais atrativa, as financeiras têm a possibilidade de financiar as suas atividades.

Em contrapartida, o aporte mínimo para começar costuma ser elevado (a partir de R$ 1 mil), quando comparado com opções, como o Tesouro Direto.

Outra vantagem da LC é a sua variabilidade. Assim, é possível escolher aquela que mais se encaixa aos seus objetivos, como comprar um automóvel ou aposentadoria.

Por outro lado, a carência pode tornar este ativo inviável para investimentos de curto prazo, por exemplo, reserva de emergência ou fazer uma viagem de férias.

Além disso, a LC não serve como margem de garantia para operações na Bolsa de =Valores e no mercado futuro.

Qual é o rendimento da Letra de Câmbio (LC)?

A taxa de rentabilidade da LC depende das condições do seu emissor. Geralmente, ela costuma ser acima de 100% do CDI.

Considere um investimento de R$ 10 mil em uma Letra de Câmbio com rendimento de 120% do CDI que fechou 2019 em 5,94%.

Assim, a rentabilidade será de 7,128% ao ano. O seu vencimento é de um ano. Portanto, o seu dinheiro renderá R$ 10.718,56.

Ao aplicar esse mesmo valor na poupança, o resultado será de R$ 10.316,42. Note que a diferença foi de R$ 402,14.

Sem contar que, em 2019, a caderneta rendeu -0,06% a menos do que a inflação. Então, quem tinha dinheiro aplicado perdeu poder de compra.

Para evitar esse tipo de situação, a LC pode ser a opção perfeita para fazer o seu capital render de verdade.

Antes de investir, você deve conhecer os tipos de rentabilidade que ela oferece. Afinal, cada uma tende a ser mais adequada para determinados objetivos como investidor.

LC Prefixada

Ela possui taxa de rentabilidade fixa, por exemplo, 7% ao ano. No momento da compra, você já sabe exatamente quanto o seu dinheiro irá render até a data do vencimento.

A LC prefixada pode ser uma boa alternativa para momentos em que há expectativa de queda nos juros da economia.

Isso porque ela tende a oferecer rendimentos maiores quando comparados a outros ativos da renda fixa.

Além disso, você pode investir em uma LC prefixada  para atingir determinado valor no futuro, como comprar um automóvel de R$ 60 mil.

Desta forma, o emissor pagará os rendimentos definidos no momento da compra, independentemente da situação dos juros da economia.

LC Pós-Fixada

Essa consiste em uma LC com taxa de rentabilidade atrelada a um indexador da economia, por exemplo, taxa Selic ou CDI.

Assim, o seu dinheiro será corrigido através do percentual sobre o indicador, como 110% do CDI. E você terá apenas uma previsão de quanto o seu dinheiro renderá até o vencimento.

Geralmente, a LC pós-fixada é um bom investimento quando há previsões de aumento nos juros da economia. Afinal, se eles sobem, os rendimentos também tendem a aumentar.

Ao mesmo tempo, a LC pós-fixada é um investimento mais flexível que as demais categorias. Portanto, ela pode ser adaptada para objetivos em qualquer prazo.

LC Híbrida

Trata-se de uma LC que possui taxa de rentabilidade fixa mais um indexador, como o IGP-M ou IPCA. Assim, o rendimento poderá ser 5% + IPCA.

Note que esse tipo de investimento oferece ganho real sobre um índice da economia.

Assim, a LC híbrida costuma ser indicada para os investidores que desejam proteger o capital da inflação e manter o poder de compra no futuro.

Como investir na Letra de Câmbio (LC)?

No modalmais, você começa a investir em apenas 4 passos

 

O investimento em LC pode ser feito diretamente através das financeiras, ou seja, você vai até uma destas empresas e investe.

Porém, essa forma de investir costuma ser arriscada, pois a instituição pode não ter registro no mercado.

Sem contar que as financeiras têm uma gama limitada de produtos. Então, é como investir através de bancos.

Portanto, o ideal é começar através das corretoras de valores, como o modalmais. Afinal, elas tendem a disponibilizar LCs de diversas financeiras.

Desta forma, você terá mais opções para alocar o seu dinheiro. Além disso, as taxas de rentabilidade costumam ser mais atrativas.

Veja como é simples e seguro investir em LC com no modalmais:

 

  1. Abra a sua conta: informe os seus dados pessoais, crie um login e senha.
  2. Transfira: faça a transferência do valor a ser investido na LC da sua conta bancária para a corretora através de TED de mesma titularidade.
  3. Entre na sua plataforma: agora, escolha a opção Renda Fixa. Em seguida, é só selecionar LC.
  4. Invista: faça a análise das características das LCs disponíveis, por exemplo, rentabilidade, prazo de investimento e aporte mínimo. Encontrou a mais adequada para os seus objetivos? Então, clique em investir.

 

Pronto! Você acaba de adquirir a sua primeira LC. Agora, o seu dinheiro poderá render ainda mais.

Quais são os riscos da Letra de Câmbio (LC)?

O risco de crédito é o principal fator associado ao investimento em LC. Ele depende do seu emissor.

Basicamente, financeiras de pequeno porte ou mal geridas são mais arriscadas para investir do que as consolidadas no mercado.

Assim, há possibilidade maior de que elas quebrem ou que faltem com os pagamentos dos rendimentos.

Ao mesmo tempo, a LC possui a garantia do FGC – Fundo Garantidor de Crédito – para valores de até R$ 250 mil por CPF e instituição.

Outro fator que pode minimizar o risco de crédito é que todo investimento em Letra de Câmbio é registrado pelo CPF ou CNPJ na Cetip, que por sua vez, faz parte da B3.

Além disso, você também pode priorizar as LCs emitidas por financeiras com notas de rating maiores, isto é, próximas de A.

Isso significa que elas tendem a honrar com os compromissos de pagamento.

Qual a diferença entre a LC e o CDB?

A Letra de Câmbio costuma oferecer mais opções de rendimentos e prazos de vencimento

 

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) funciona de forma semelhante à LC, pois trata-se de um título de empréstimo.

A principal diferença está no emissor, que são os bancos para o CDB e as financeiras na LC.

Por conta das diferenças nas formas de captação entre estas instituições, o Certificado de Depósito Bancário costuma oferecer rentabilidade menor quando comparada à LC.

Qual a diferença entre a LC e a LCI?

Assim como o CDB, a LCI (Letra de Crédito Imobiliário) é emitida pelos bancos. Além disso, ela possui isenção de impostos.

Então, os seus rendimentos vêm diretamente para o bolso do investidor.

Já uma LC possui tributação, o que pode tornar o rendimento líquido menor em relação ao investimento em uma LCI.

Qual a tributação da Letra de Câmbio (LC)?

Esse ativo possui baixo custo ao investidor

 

A LC está sujeita à cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Ele é calculado sobre os rendimentos de forma regressiva.

Esse tributo incide apenas nos primeiros trinta dias do investimento. Então, se você solicitar o resgate nesse período, terá que pagá-lo. Do contrário, ele será devolvido.

Além disso, há a cobrança do Imposto de Renda (IR). Ele também é calculado apenas sobre os rendimentos e segue a alíquota regressiva, conforme a tabela a seguir:

 

Tempo de aplicaçãoAlíquota de IR (%)
Até 180 dias22,5
De 180 até 360 dias20,0
Entre 361 a 720 dias17,5
Acima de 720 dias15,0

Alíquotas de Imposto de Renda na LC – Fonte: Receita Federal

 

Perceba que, quanto maior o tempo de investimento, menor será a alíquota de IR a ser paga. Então, o ideal é investir em LC com foco no médio e longo prazo.

Qual a Lei que determina os requisitos da Letra de Câmbio (LC)?

Ao contrário de diversos investimentos, a LC é regulada por lei, que é o decreto nº 2.044 de 31 de dezembro de 1908.

Este ativo também possui regulamentações da Convenção de Genebra, conhecida como Lei Uniforme (Decreto nº 55.663/66).

Conclusão

Abra a sua conta e faça o seu dinheiro render mais do que a poupança a partir de hoje

 

A LC é um dos investimentos que está em expansão no Brasil. De acordo o boletim anual de renda fixa da Anbima, em 2019, os estoques deste ativo cresceram 12,1% no ano.

O Boletim Focus, referente à 24 de janeiro de 2020, projeta a taxa Selic em 4,25% para 2020.

Portanto, este pode ser o momento certo para deixar a poupança e buscar investimentos mais rentáveis, como a LC.

Tenha em mente que, mesmo com o cenário favorável para o Brasil, é fundamental diversificar o seu patrimônio através da renda fixa.

Continue a aprender sobre investimentos com estes outros artigos do nosso blog:

 

 

Como os juros da economia estão nas mínimas históricas, o ideal é optar por ativos que paguem acima de 100% do CDI para o seu dinheiro render de verdade.

Assim, as LCs emitidas por bancos de menor porte e as que possuem vencimentos mais longos podem ser boas alternativas.

Portanto, a hora de começar a investir é agora. Para isso, você só precisa abrir a sua conta no modalmais.

Aqui, você encontrará as melhores LCs do mercado para ganhar mais na renda fixa sem abrir mão da sua segurança.

Obrigado por ler até aqui!