Quando um investidor percebe que seus investimentos em grandes bancos não estão apresentando uma boa rentabilidade e que, além disso, sua conta sofre incidência de inúmeras tarifas, ele começa a procurar um local para realocar estes investimentos.

Na busca por informação, este investidor conversará com seus amigos que já investem, conversará em redes sociais e buscará mais informações no google. O resultado será uma enorme massa de informação e uma indecisão do que fazer, onde investir seu dinheiro em que produtos. Neste momento, a única conclusão que este investidor terá é que ele estará melhor num home broker do que em um grande banco.

Visando ajudar estes investidores, preparei um rápido guia do que procurar num home broker para que ele seja o melhor home broker para você.

O que é um Home Broker?

Home Broker é um meio de investimento online popularizado a partir do ano 2000. Inicialmente os home brokers ofereciam somente investimento em bolsa de valores, mas com o passar do tempo os home brokers passaram a ofertar Tesouro Direto, CDB, Fundos de Investimento, LCI, LCA e Debentures.

Quais custos podem existir num Home Broker?

Depende do produto que você deseja investir.

Em bolsa de valores, é cobrada uma corretagem a cada ordem executada. Esta corretagem pode ser variável, ou seja, um percentual sobre o volume investido, ou pode ser um valor fixo independente do volume.

No Tesouro Direto, existem 2 taxas:

– Taxa de custódia cobrada pela bolsa/tesouro que é igual em todas as corretoras 0,3% ao ano (cobrada 0,15% no primeiro dia útil de janeiro e 0,15% no primeiro dia útil de julho); e

– Taxa de custódia cobrada pelo Home Broker. Neste caso os valores variam muito. Existem home brokers que isentam esta taxa. Busque por eles.

Para produtos de Renda Fixa, tais como CDB, LCI, LCA e Debêntures, normalmente não é cobrada qualquer taxa de administração ou de custódia dos investidores através de home broker.
Por fim, fundos de investimento apresentam 2 taxas: taxa de administração e taxa de performance sobre o que exceder o benchmark.

Custo é importante para determinar o melhor home broker?

Sim, custo é vital, mas não pode ser olhado isoladamente. O que devemos olhar para determinar o melhor home broker é o custo x benefício.

O ideal para quem investe em bolsa de valores é investir em um home broker que tenha uma corretagem fixa por ordem executada.

Por que?

Porque corretagem variável faz com que o investidor inicie um investimento com um prejuízo de pelo menos 1%, dado que a tabela sugerida pela BM&FBovespa para corretagem variável é de 0,5% na compra e 0,5% na venda a partir de R$ 3.029,39, mais uma taxa diária de R$ 25,21 quando houver execução de ordem nesse dia, ao passo que no modelo de corretagem fixa, os homebrokers cobram somente um valor fixo por ordem.

Por exemplo, se a corretagem fixa for de R$4,00, se você investir R$ 5.000 em ações, pagará somente R$4,00 por ordem. Se investir R$20.000 continuará pagando R$ 4,00 por ordem. Porém, se a corretagem fosse variável, você pagaria R$ 50,21 de corretagem para um investimento de R$ 5.000 e R$125,21 para um investimento de R$20.000. Ou seja, quanto mais você investe no modelo de corretagem variável, mais você paga. Por isso, escolha um home broker com corretagem fixa.
No tesouro direto, o custo é ainda mais importante.

O melhor home broker para investir no tesouro direto é o que não cobra taxa de custódia.

Mas porque alguém ofereceria um serviço de graça? Por 2 motivos:

1. O tesouro direto é a porta de entrada de muitos investidores, portanto alguns home brokers acreditam que este é um investimento para adquirir o cliente e fazer com que ele se interesse mais no assunto.

2. Os home brokers recebem um incentivo indireto da BM&FBovespa para captar mais clientes e investimentos no tesouro direto. O efeito de uma taxa no tesouro direto é diminuir sua rentabilidade abruptamente.

Existem home brokers e bancos que cobram taxas de até 2%, quando consideramos uma rentabilidade de 10 a 14% ao ano, fica fácil ver que sua rentabilidade é reduzida em demasia por essas taxas.

Assim como no tesouro direto, investimentos em renda fixa, tais como CDB, LCI, LCA e Debêntures também devem ser isentos de taxas.

Os bancos, ao emitir um CDB, LCI ou LCA, utilizam este dinheiro para financiar empréstimos ou operações do setor imobiliário ou agrário. Portanto, o ganho do banco não está em lhe vender estes produtos e sim nas operações que ele faz posteriormente com o dinheiro captado com eles. De fato, o banco lhe paga uma taxa de juros para você investir nestes produtos.

Os home brokers poderiam cobrar, e alguns cobram, taxas de administração sobre estes produtos. Fuja de quem lhe imputa este custo. Os bancos já pagam uma taxa de distribuição aos home brokers, portanto os home brokers já ganham para lhe vender produtos de renda fixa. E lembre-se que qualquer taxa adicional diminui sua rentabilidade final.

Cuidado com a taxa de custódia!

Quando você abre uma conta num home broker, mesmo que seja para investir no tesouro direto, você está abrindo uma conta na bolsa de valores. A bolsa de valores cobra dos home brokers uma taxa mensal de custódia para cada cliente ativo. Praticamente todos os home brokers repassam e cobram essa taxa de seus clientes, variando de R$ 6,00 a R$ 30,00 por mês ou exigem que você faça algum investimento em bolsa para isenta-lo. O melhor home broker deve isentar esta taxa de você sem exigir que você faça qualquer operação.

E quais benefícios devo procurar antes de começar a investir?

Se você investe em bolsa:

• Um sistema gratuito que ofereça rapidez, segurança e estabilidade para verificar cotações em tempo real e colocação de suas ordens na bolsa de valores.
• Um sistema que tenha gráficos e indicadores de análise técnica em tempo real, de preferencia gratuito e sem exigência mínima de volume de ordens, pois um sistema destes pode custar mais de R$300,00/mês no mercado.
• Um atendimento que funcione, onde você consiga falar com um gerente de conta durante todo o horário de negociação da bolsa.

Se você investe em Renda Fixa

• Várias opções de produtos para diversificar.
• Uma instituição sólida por trás.
• Produtos com ótima rentabilidade. De preferencia acima de 90% do CDI.
• Um atendimento que funcione, onde você consiga falar com um gerente de conta que lhe oriente onde e como investir durante todo o horário comercial.

Segue o resumo para orientar sua busca pelo melhor home broker:

1. Procure um home broker que ofereça diversos tipos de investimento: Bolsa de Valores, Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA, Debêntures e Fundos de investimento são os principais.
2. O melhor home broker deve oferecer uma corretagem fixa para investimento em ações. Esta corretagem não pode ser superior a R$ 9,00 por ordem executada.
3. O melhor home broker para tesouro direto não deve cobrar taxa de custódia.
4. A taxa de custódia deve ser zero.
5. Uma instituição financeira sólida por trás.
6. Diversidade de produtos de investimento.
7. Um gerente de contas exclusivo e qualificado a lhe auxiliar.
8. Plataformas de investimento simples, rápida, estável e gratuita.

Agora descubra por que o modalmais é o melhor Hombe Broker do Brasil.