Na semana passada a Bovespa conseguiu fechar com valorização de 2,64% e índice na máxima do dia em 122.038 pontos, enquanto o dólar registrou perda de 3,68%, cotado a R$ 5,23. Com isso, a Bovespa voltou ao campo positivo em 2021, com valorização de 2,54%. O mercado americano bateu vários recordes de pontuação ao longo do período ultrapassado.

A nova semana está começando com as Bolsas asiáticas mais para o campo positivo, com Tóquio com alta de 0,55% e Xangai com +0,27%. Europa com comportamento misto nesse início de manhã e futuros do mercado americano começando também sem maiores definições de tendência. Aqui, O fechamento da B3 na última sexta-feira ocorreu na máxima do dia, e com isso podemos abrir o objetivo de tentar buscar nas próximas sessões o patamar de 125.300 pontos recorde conquistado em 08/01/21.

No Reino Unido, o governo do primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciou que vai relaxar o isolamento social já a partir de 17 /05. Na Escócia, passadas as eleições, a primeira-ministra disse que a independência é só uma questão de quando, já que vai ocorrer.

No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em NY, mostrava alta de 0,45%, com o barril cotado em US$ 65,19, após ataque de harcker no sistema de dutos da costa leste. O euro era transacionado estável em US$ 1,217 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,58% O ouro e a prata tinham altas na Comex e commodities agrícolas com viés mais para negativo na Bolsa de Chicago.

No segmento local, vamos começar a semana com nova pressão da imprensa contra o governo, e o tema é a descoberta de orçamento secreto de Bolsonaro de R$ 3 bilhões no Ministério do Desenvolvimento Regional para atender parlamentares da base de apoio. Isso está sendo comparado pela imprensa como escândalo que lembra o dos “anões do orçamento”.

Também se fala do loteamento da Codesvasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco), para cobrir vagas para o centrão. Como se vê, com declarações de Bolsonaro no final de semana, o quadro será de muitos ruídos.

Do lado econômico, a situação parece um pouco mais tranquila com a expectativa de indicadores mais positivos para o saldo da balança comercial, a nova pesquisa semanal Focus do Bacen e IPC-S da primeira quadrissemana de maio. Nos EUA, a agenda está leve e durante a noite a China divulga a inflação pelo CPI (consumo) e PPI (atacado).

Expectativa de Bovespa podendo tentar manter alta, dólar um pouco mais forte depois de sucessivas quedas e juros curtos também em queda.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais