Ontem, no final da tarde, o ânimo voltou aos investidores locais diante da perspectiva de manutenção do veto ao reajuste salarial de servidores públicos até o final de 2020, que seria votado no Congresso. A recuperação no mercado americano também ajudou, assim como a atuação do Bacen no câmbio fazendo vendas de dólares à vista no montante de US$ 1,04 bilhão.

No meio da noite o Congresso confirmou o veto com placar de 316 a 165 contra, e ainda resguardou recursos para a Saúde. A Bovespa encerrou o dia com alta de 0,61% e índice em 101.467 pontos e o dólar fechou mais calmo em R$ 5,55, depois de bater ao longo do dia R$ 5,65. O Dow Jones fechou com +0,17% e Nasdaq com +1,06%, em novo recorde de pontuação e com as ações techs em boa alta.

Hoje mercados da Ásia encerraram o dia com boas altas, Europa começando no positivo, mas já se afastando das máximas e até no negativo e futuros do mercado americano transitando levemente entre positivo e negativo. Aqui, a Bovespa pode tentar reaproximação do patamar de 104 mil e 105 mil pontos, aliviando tensões.

O dia está sendo de divulgação de indicadores PMIs da atividade de serviços, indústria e composto em diferentes países para o mês de agosto. No Japão, o PMI composto manteve 44,9 pontos, e é bom lembrar que indicadores abaixo de 50 pontos indicam contração da atividade. Na Alemanha, o PMI composto caiu para 53,7 pontos, vindo de 55,3 pontos, enfraquecido por serviços. Na zona do euro, o PMI composto também cedeu para 51,6 pontos com queda da indústria e serviços.

Já no Reino Unido, o índice composto subiu forte para 60,3 pontos, vindo de 57 pontos e o maior patamar alcançado em 82 meses. Ainda no Reino Unido, as vendas no varejo de julho cresceram 3,6%, quando o esperado era alta de 1,4%. Ao final da convenção dos Democratas, o candidato Joe Biden prometeu tirar o país da crise, fazer um programa contra a covid-19, estimular a coalisão e combater a pobreza.

Mercados ainda animados com a possibilidade de a vacina da Pfizer e da Biontech ser liberada até outubro, mas também avaliando as dificuldades de Democratas e Republicanos chegarem a um acordo sobre pacote de estímulos fiscais. No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em NY mostrava queda de 0,96%, com o barril cotado a US$ 42,41. O euro era transacionado em queda para US$ 1,178 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros em queda para 0,64%. O ouro e a prata mostravam quedas na Comex e commodities agrícolas com viés de alta na Bolsa de Chicago.

Aqui, vencida a barreira do veto sobre reajuste de servidores, os investidores se voltam para o orçamento de 2021 que tem que ser entregue até o final de agosto, como o governo agirá em relação ao teto de gastos e as reformas tributária e administrativa.

Na agenda do dia ainda teremos indicadores PMI sendo anunciados para o Brasil e os EUA e as vendas de imóveis usados de julho nos EUA. Expectativa para o dia de Bovespa em recuperação, dólar mais fraco (apesar do fortalecimento no exterior) e juros fracos.

Bom dia e bons negócios!

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais