Ontem foi daqueles dias em que todos os principais mercados acionários do mundo estiveram em alta. Aqui, na Bovespa conseguimos andar melhor, coisa que não acontecia, com a Bovespa cravando valorização de 2,51%, e quase voltando aos 98 mil pontos, encerrando em 97.919 pontos. O dólar registrou queda de 0,56%, cotado a R$ 5,593. O Dow Jones teve alta de 0,43% e o Nasdaq com alta de 0,50%.

O motivo maior foi a expectativa de retomada das negociações de pacote fiscal nos EUA, depois de Trump ter suspendido negociações até depois das eleições. Trump agora quer um pacote enxuto para negociar com os Democratas.

Hoje, mercados da Ásia com comportamento misto, a Bolsa de Xangai voltando de feriado prolongado subiu 1,68%, Europa com comportamento também misto nesse início de manhã e futuros do mercado americano com altas leves. Aqui, reafirmamos como positivo ultrapassar o patamar de 98 mil pontos e mirar no objetivo em 100 mil pontos.

Na China, durante a madrugada, foi anunciado o PMI Caixin de serviços de setembro com alta para 54,8 pontos, vindo de 54 pontos, o que denota expansão da atividade, já que foi superior a US$ 50 pontos. No Reino Unido, a produção industrial de agosto surpreendeu negativamente com alta de 0,3%, quando o esperado era expansão de 2,8%. No México, o furacão Delta ganhou força e passou para a categoria 3, mas não foi suficiente para manter o preço do petróleo em alta, que sofre realizações.

Nos EUA, o presidente Trump pode retomar compromissos públicos a partir de sábado, mas disse que não vai participar do debate virtual no próximo dia 15/10. Quer que seja presidencial, mas perder percentagem para Biden. Já Rosengren, presidente do FED de Boston, disse que a flexibilização monetária (QE) teria menor impacto que medidas fiscais.

No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em NY mostrava queda de 1,09%, com o barril cotado a US$ 40,75. O euro era transacionado em alta para US$ 1,18 e notes americanos com taxa de juros para os títulos de 10 anos com 0,77%. O ouro e a prata tinham boas altas na Comex e commodities agrícolas com altas na Bolsa de Chicago.

Aqui, Rodrigo Maia na volta da quarentena da covid-19, fez juras para o ministro Paulo Guedes e quer que a PEC emergencial seja votada ainda em 2020, com o Pacto Federativo e o Renda Cidadã. Disse que o país estaria indo para o precipício se não respeitar o teto de gastos.

Já Bolsonaro, pressionado para recriar o ministério do Trabalho e Indústria, diz ser notícia fake para enfraquecer Paulo Guedes. Saiu também o IPC da Fipe da primeira quadrissemana de outubro com inflação desacelerando para 1,06%, de anterior em 1,12%

Na agenda do dia ainda teremos a inflação oficial de setembro pelo IPCA e nos EUA a oferta e demanda agrícola pela USDA. A expectativa para o dia começa com alta da Bovespa, dólar mais fraco e juro dependendo do IPCA.

Bom dia e bons negócios!

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais