O segmento Bovespa da B3 engatou o oitavo pregão seguido de alta, na maior sequência desde 2018. Além disso, seguidos recordes de pontuação levaram o índice a trincar o patamar de 131.000 pontos (na máxima de ontem 131.190 pontos), fechando em alta de 0,50% e índice em 130.776 pontos. O dólar por aqui ficou praticamente estável (-0,03%), cotado no fechamento em R$ 5,03. No mercado americano, índices com comportamento misto.

Hoje, os mercados da Ásia encerraram o dia em queda, Europa começando no campo positivo, mas já mostrando viés de realizações e futuros do mercado americano com comportamento misto novamente. Aqui, ainda perseguimos o objetivo próximo de 132.000 pontos, mas realizações de lucros e rotação de ativos podem inibir.

Na Alemanha, tivemos o anúncio das vendas no varejo de abril em queda de 1%, quando o previsto era alta de 0,4%. Já o índice Zew de expectativas econômicas de junho mostrou contração para 79,8 pontos, quando o esperado era 85 pontos. O índice de condições atuais subiu para -9,1 pontos, de previsão de -25 pontos. Na zona do euro, o PIB do primeiro trimestre teve contração de 0,3% e na comparação anual com queda de 1,3%.

No Japão, o PIB do primeiro trimestre mostrou recuo anual de 3,9%, menos que na revisão anterior de -5,1%. Os EUA podem acentuar tensões com a China por conta de conversas com Taiwan e também pela proibição de americanos investirem em determinadas empresas chinesas. Já a queda nas importações chinesas de petróleo impõe nova queda aos preços internacionais do óleo na sessão de hoje.

No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em NY, mostra queda de 0,81%, com o barril cotado a US$ 68,67. O euro era transacionado em queda para US$ 1,217 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,55%. O ouro e a prata tinham quedas na Comex e commodities agrícolas com desempenho de alta na Bolsa de Chicago.

No segmento doméstico, o governo deve estender o auxílio emergencial por mais dois meses, ao custo de R$ 12 bilhões. Já o TCU desmentiu declarações do presidente sobre relatório registrando que as mortes por covid-19 seriam a metade do apresentado nas estatísticas. O exército impôs sigilo por 100 anos do processo do general Pazuello.

Na economia, a FGV apresentou o IPC-S da primeira quadrissemana de junho com alta de 0,81%, igual ao mês anterior. Já o IGP-DI de maio observou alta de 3,40% (anterior em 2,22%), acumulando inflação de 14,13% em 2021 e de 36,53% em 12 meses. O Bacen também divulgou relatório sobre o mercado financeiro falando em alta da inflação nas principais economias e que testes de estresse no sistema financeiro global mostraram suportar choques adicionais. Identifica que o crédito está condizente com os fundamentos da economia e o crédito para pequenas e médias empresas já está ao nível pré-pandemia.

Na agenda do dia teremos ainda as vendas no varejo de abril pelo IBGE e nos EUA o saldo da balança comercial de abril. Com isso, expectativa para o início do dia é de Bovespa ainda tentando manter alta (depende do exterior e fluxo), dólar mais forte e juros em alta.

Bom dia e bons negócios!

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais