Ontem foi um mau dia para os mercados de risco em todo o mundo, com os investidores aguardando a divulgação da ata do FED da última reunião, para tentar extrair o pensamento sobre inflação futura e comportamento dos juros. Essa foi a grande preocupação de momento dos investidores.

A ata repetiu partes de textos anteriores, falou em forte recuperação da economia e inflação, em boa parte transitória pelos desarranjos provocados pela pandemia, mas também falou em debater mais para frente o programa de flexibilização monetária. A reação dos investidores foi negativa quanto a isso e mercados voltaram a ceder.

Hoje, as Bolsas da Ásia encerraram o dia majoritariamente negativas, Europa tentando recuperar o campo positivo nesse início de manhã e futuros do mercado americano em queda, mas já afastado das mínimas alcançadas. Aqui, seria bom não perdermos o patamar de 121 mil pontos do Ibovespa, num dia de agenda econômica fraca, mas com ruídos políticos fortes já que teremos a continuidade do depoimento de Pazuello, ex-ministro da Saúde.

No Japão durante a madrugada foi anunciado que as exportações de abril cresceram 38% no ano, com mais de 45% para os EUA e 33,8% para a China. Aliás, a China anunciou que manteve a taxa referencial de empréstimos. Na Alemanha, a inflação medida pelo PPI (atacado) de abril cresceu 0,8%, e no comparativo com igual período, 5,2%. Israel é que manteve os ataques contra a faixa de Gaza, mesmo com os EUA pedindo o cessar-fogo.

Nos EUA, o órgão de saúde disse que será necessário um reforço da vacina contra covid-19 em cerca de um ano. Citamos também as quedas observadas ontem com criptomoedas, com o bitcoin perdendo mais de 30% e recuperando um pouco no final. No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em NY, tinha nova queda na sessão de hoje de 1,45%, com o barril cotado a US$ 62,44, depois de boas notícias divulgadas sob o acordo nuclear com o Irã. O euro era transacionado em US$ 1,219 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,658%. O ouro e a prata em dia de queda na Comex e commodities agrícolas com comportamento misto na Bolsa de Chicago.

Aqui, a nova versão da MP da Eletrobrás teve o texto base aprovado com placar de 297X143, e todos os destaques foram rejeitados. O Bacen também anunciou novas regras para cartão de crédito e contas pré-pagas. O ex-ministro Pazuello volta para concluir seu depoimento na CPI do covid-19, depois de confusão se passou mal ou não durante a sessão.

Na agenda, a Receita Federal divulga a arrecadação de abril e nos EUA, teremos o índice de atividade industrial da Filadélfia de maio, os pedidos de auxílio-desemprego da semana anterior e o índice de indicadores antecedentes do Conference Board de abril.

Expectativa para o dia de Bovespa tentando recuperar, mas a volatilidade prossegue, dólar podendo ficar mais fraco e juros em queda.

Bom dia e bons negócios!

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais