Hoje os mercados podem buscar nova tentativa de superação dos inúmeros problemas de nossa economia e política, depois da intervenção na Petrobras. Ontem foi dia de recuperação da Bovespa, liderada pelas ações da Petrobras, Eletrobras e setor bancário. No final do dia, valorização do Ibovespa de 2,27% e índice em 115.227 pontos, com Petrobras em alta de 12,2% e recuperando cerca de R$ 30 bilhões de seu valor de mercado, após ter perdido em apenas dois dias algo como R$ 100 bilhões de valor de mercado.

Eletrobras também registrou recuperação de perdas com o governo aprontando um show com Bolsonaro e ministro na entrega ao Congresso da MP de capitalização/privatização da empresa, tentando apagar a interferência na Petrobras. Mas o capital reputacional da Petrobras ficou perto do limite mínimo de -5 pontos, em -4,66 pontos, e muita confusão na reunião do Conselho de Administração da empresa, que hoje anuncia o resultado do quarto trimestre, após pregão encerrado.

Hoje mercados da Ásia terminaram o dia com fortes quedas, Europa operando no positivo e até acelerando um pouco nesse início de dia e futuros do mercado americano com leve valorização. Aqui, seria preciso maior consistência na retomada do patamar de 115 mil pontos, mas está difícil obter isso no momento diante das tensões criadas.

Na Alemanha, o PIB final do quarto trimestre cresceu 0,3% (previsão era +0,1%) e em 2020 com contração de 3,7%, de previsão de -3,9%. Hong Kong é que anunciou um pacote fiscal de US$ 15,4 bilhões para apoiar a economia. Nos EUA, os juros longos se mantêm em alta com a fala de Powell (FED) no senado e perspectiva mais favorável da economia. Hoje, Jerome Powell repete discurso na Câmara, mas perguntas e respostas podem ser diferentes.

O IIF (Institute of International Finance) divulgou estudo onde a relação dívida/PIB de países da América Latina cresceu para 185% do PIB e mostrando que o Brasil teve a maior expansão, em 42,8. No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 0,42%, com o barril cotado a US$ 61,93. O euro era transacionado em alta para US$ 1,216 e notes americanos de 10 anos com juros em 1,34%. O ouro em queda e a prata em alta na Comex e commodities agrícolas com comportamento de alta na Bolsa de Chicago.

Aqui, a PEC Emergencial recebeu uma enxurrada de críticas e a votação marcada para a semana pode ser adiada. A ideia é separar a desvinculação de saúde e educação em outra PEC. Bolsonaro fez apoio público ao ministro Paulo Guedes, mas o efeito foi limitado nos mercados. Hoje o presidente pode sancionar a autonomia do Bacen
Na economia, o INCC de fevereiro (construção civil) subiu para 1,07%, de anterior em 0,93%. Em 12 meses, a inflação está em 10,18%. A confiança da construção caiu -0,5 ponto para 92,0 pontos e a confiança do consumidor subiu 2,3 pontos, para 78 pontos.

A agenda do dia ainda está lotada e junto com o noticiário político pode ter capacidade de mexer com os mercados, além da expectativa de resultado da Petrobras. Expectativa inicial para o dia de Bovespa tentando recuperar parte das perdas recentes, dólar fraco (mas vai seguir pressionado) e juros em alta.

Bom dia e bons negócios!

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais