Ontem, quase no final do pregão, o presidente Trump mandou suspender as negociações com os Democratas até depois das eleições.

Hoje esse tema seguiu sendo avaliado pelos investidores e provocando volatilidade nos ativos de risco. Internamente, os investidores levaram outro susto hoje, quando foi noticiado que no Pacto Federativo seriam inseridos itens do “orçamento de guerra”, e também notícias sobre extensão do auxílio emergencial pelo primeiro semestre de 2021. Os mercados reagiram fortemente a isso.

Nos EUA, a presidente da Câmara americana, Nancy Pelosi, viu erro terrível na decisão de Trump de suspender negociações. Os dirigentes do FED que discursaram hoje também abordaram o tema, como Kashkari do FED de Minneapolis. A própria ata da última reunião do FED indica que alguns membros consideram em suas previsões novos estímulos fiscais.

Segundo colocado na ata, a maioria dos membros considera que mais apoio fiscal ajudaria a economia na recuperação, já que a atividade, apesar de ter melhorado, segue abaixo do período pré-pandemia e desemprego também. A ata destaca que o fluxo de crédito foi fundamental para as famílias e negócios, mas os riscos seguem consideráveis.

Ainda nos EUA, os estoques de petróleo cresceram na semana passada em 0,5 milhão de barris, quando o esperado era declínio de 0,1 milhão de barris. Falando de BCE (BC europeu), Christine Lagarde, diz que manterá estímulos monetários para atingir objetivos e que pode calibrar com flexibilidade a política monetária, meio no estilo americano de trabalhar com inflação média.

No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em NY mostrava certa recuperação da queda, mas ainda estava negativo em 1,65% e cotado a US$ 40. Isso mesmo com o furacão Delta tendo atingido solo mexicano e o aumento dos preços do óleo para a Ásia anunciado pela gigante Aramco. O euro era transacionado em alta para US$ 1,176 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 0,78%. O ouro e a prata terminaram o dia com quedas na Comex e commodities agrícolas majoritariamente com altas na Bolsa de Chicago.

No segmento local, foi preciso que o ministro Paulo Guedes viesse dizer que o auxílio emergencial não será prorrogado em 2021, para trazer a Bovespa e o dólar para patamares melhores, mas certamente houve muita volatilidade. Dá mesma forma, o vice-presidente Mourão disse que seria bom ter recursos para seguir com auxílio, mas que isso não seria possível com observância do teto de gastos. Bolsonaro tem hoje reunião com Paulo Guedes, Rodrigo Maia e Alcolumbre.

O Bacen anunciou que o fluxo cambial de setembro foi negativo em US$ 3,48 bilhões, enquanto no ano permanece negativo em US$ 18,67 bilhões. Os bancos seguem vendidos em US$ 30,24 bilhões e a posição cambial líquida estava em US$ 298,7 bilhões. O Bacen também anunciou perdas em swap cambial de R$ 12,9 bilhões e a base monetária de setembro encerrou em R$ 408,7 bilhões.

O índice IC-Br das commodities de setembro fechou com alta de 0,54% e a FGV também anunciou que o indicador antecedente de emprego subiu 72 pontos para 80 pontos. No mercado, o dólar teve dia de alta de 0,53% encerrando cotado a R$ 5,625. Na Bovespa, na sessão de 5/10, os investidores estrangeiros alocaram R$ 358,2 milhões, deixando o mês de outubro negativo em R$ 894,5 milhões e o ano com saídas líquidas de R$ 88,65 bilhões.

No mercado acionário, a Bolsa de Londres fechou em queda de 0,06%, Paris com -0,27% e Frankfurt com alta de 0,17%. Madri teve queda de 0,38% e Milão com alta de 0,03%. No mercado americano, o Dow Jones terminou o dia com +1,91%% e Nasdaq com +1,88%. Na Bovespa, muita oscilação para fechar com leve queda de 0,09% e índice em 95.526 pontos. Fomos salvos de maior queda pela performance de alta de 2,64% das ações da Vale. Seguimos bem pior que o mercado americano, mesmo com o dólar valorizando em mais de 40%.

Na agenda de amanhã teremos o IPC-S da primeira quadrissemana de outubro, as vendas no varejo de agosto e o levantamento sistemático da produção agrícola. Nos EUA, os pedidos de auxílio-desemprego da semana anterior e discurso de Rosengren do FED de Boston.

Boa noite.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe do banco digital modalmais