Economista indica melhores opções de aplicação para momento de insegurança

Para não arriscar em momentos de incerteza, a dica é deixar os investimentos nas mãos de quem entende do assunto – Getty Images/iStockphoto

Parece simples garantir bom retorno das aplicações financeiras quando a economia cresce, a Bolsa sobe e os indicadores macroeconômicos jogam a favor. Mas o que fazer em uma conjuntura, como a atual, de recessão econômica e profunda incerteza, quando os riscos e a volatilidade do mercado aumentam?

Mais do que nunca é importante que o dinheiro seja administrado por quem entende do assunto e vive o mercado 24 horas por dia. Caso contrário, os resultados poderão ser desastrosos alerta Álvaro Bandeira, sócio e economista-chefe da Corretora modalmais. Ele fala com a experiência de quem atua no mercado de capitais há cerca de 40 anos e com a responsabilidade de ter se juntado, em 2015, ao Banco Modal, onde estava sendo criada a corretora de valores modalmais, o braço de varejo do banco de investimento, com mais de duas décadas de operação.

O resultado prático do apoio de gestores especializados está no próprio portfólio da corretora que reúne em sua carteira cerca de 30 mil clientes de diferentes portes, desde o pequeno investidor classe média assalariado até o grande empresário.

São cerca de 14 diferentes fundos operados pela empresa, desde os mais conservadores, o Modal Lion e o Modal Institucional, até os arrojados, como o Modal Eagle e o Modal Tactical. Não é à toa que a corretora, com variadas alternativas de investimento, já é a terceira colocada em número de negócios no segmento de derivativos (BM&F).

Fonte:O Globo online 17/07/2017