Juros futuros recuaram antecipando queda na taxa Selic

RIO e SÃO PAULO em dia de decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a taxa Selic, o mercado financeiro teve um dia instável com os investidores na expectativa do início de um novo ciclo de queda de juros. Depois de abrir com valorização, o dólar comercial fechou em queda de 0,40%, vendido a R$ 3,17. Na mínima, a moeda americana atingiu R$ 3,166 e na máxima foi negociada a R$ 3,198. No exterior, o Dollar Spot Index, cesta de moedas que compara a divisa americana com outras dez moedas globais, tinha leve valorização de 0,02% no final do pregão, depois de dois dias de queda. No mercado de juros, as taxas futuras encerraram em queda com a expectativa de queda na Selic e também influenciadas pelo recuo do dólar.

O papel já vem se valorizando, nos últimos dias, com a melhora na gestão e a venda de ativos — diz Alvaro Bandeira, economista chefe do Home Broker Modalmais, lembrando que a ação ON da estatal já ganhou mais de 160% neste ano.