Às 11:59, o índice da bolsa brasileira caía 0,24 por cento, a 62.322 pontos. O giro financeiro era de 2,19 bilhão de reais

São Paulo – O principal índice da bolsa paulista oscilava entre leves altas e baixas nesta sexta-feira, com a queda do preço do petróleo e a persistente cautela quanto ao cenário político limitando tentativas de recuperação após o fraco fechamento da véspera. Às 11:59, o Ibovespa caía 0,24 por cento, a 62.322 pontos. O giro financeiro era de 2,19 bilhão de reais. O mais recente número de inflação do país amparava a tentativa de recuperação da bolsa, uma vez que reforça a manutenção da tendência de queda das taxas básicas de juros, aumentando a atratividade da renda variável. A inflação oficial desacelerou a 3 por cento nos 12 meses encerrados em junho, no limite inferior da meta oficial de 4,5 por cento, com tolerância de 1,5 ponto percentual. No entanto, investidores ainda preferem evitar grandes movimentos diante das incertezas no quadro político, que se acentuaram após a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer e seus impactos no andamento das reformas. Na véspera, em mais um capítulo da crise, o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse que o país está se aproximando da “ingovernabilidade” e que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reúne condições para trazer um mínimo de estabilidade até 2018. “Tasso embaralhou mais o quadro político, abrindo porta de apoio para que Rodrigo Maia substitua Temer na presidência já que o presidente não tem mais condições de governabilidade”, escreveu o economista-chefe da corretora Modalmais, Alvaro Bandeira.

Fonte: Exame.com 07/07/2017