Criada em outubro do ano passado, a corretora do Banco Modal chegou a 8 mil clientes em menos de oito meses, quatro vezes mais o número previsto para os primeiros 12 meses de operação. A captação em seu home broker, sistema de negociação de ações via internet, o ModalMais, já chega a R$ 200 milhões, cinco vezes a estimativa para o primeiro ano de operação, de R$ 40 milhões.

A instituição pretende agora ampliar sua área de atuação. Neste mês, a corretora conseguiu o selo de Execution Broker da BM&FBovespa. Com a certificação, a poderá operar também para clientes institucionais, informou a instituição em nota.

A ideia é começar prestando serviços de execução em bolsa para os grandes clientes institucionais do Banco Modal, afirma Rodrigo Puga, sócio do Modalmais. “Vimos uma demanda de clientes do banco, que gostariam de operar bolsa conosco”, disse. O Modalmais pretende chegar ao fim deste ano com 12 mil clientes, um crescimento de mais 50% sobre o número atual.

Fonte: Portal Arena do Pavini – 09/08/2016