O anúncio da Petrobras de que baixará o preço dos combustíveis a partir deste sábado (15) agradou a analistas e investidores, e as ações preferenciais da companhia subiam mais de 2% há pouco. Segundo analistas, a médida é mais um sinal de transparência e de profissionalismo de sua gestão.
A empresa divulgou em fato relevante redução de 2,7% no preço do diesel e de 3,2% no da gasolina. A estatal anunciou também mudança de sua política de formação de preços.

O analista Celson Plácido, da XP Investimentos, comenta, em relatório, que a notícia é extremamente relevante para a companhia e para o país. “Isso porque demonstra menor interferência governamental, ainda mais quando [a Petrobras] menciona que, em hipótese alguma, esses descontos implicarão preços abaixo dos custos da empresa.”

DEFASAGEM – Diferença entre preço da gasolina no Brasil e no golfo do México (em %)

Plácido destaca que, atualmente, tanto a gasolina quanto o diesel estão com preços em torno de 20% acima dos praticados no mercado internacional.

“A Petrobras deu um passo adiante na política de preços e vai se pautar pela paridade internacional dos preços dos combustíveis. Melhor que isso torna a empresa competitiva e vai ordenar melhor o mercado e a concorrência no Brasil”, avalia Alvaro Bandeira, economista-chefe da Modalmais.

Fonte: Portal Folha.com em 14/10/2016