envolvida-lava-jato

A assinatura de um memorando de entendimento com a australiana Fortescue, juntamente com a perspectiva de que o minério de ferro não sustente seus preços atuais, levaram a Vale a liderar as perdas no Ibovespa ontem. Após fortes ganhos recentes, houve um movimento de realização de lucros pelos investidores.
As ações ordinárias da companhia, sem direito a voto, fecharam o dia com desvalorização de 14,51%. Já os papéis preferenciais terminaram o pregão em baixa de 12,05%.

O acordo firmado na segunda-feira entre as duas mineradoras inclui a formação de uma ou mais joint ventures para a mistura e distribuição dos produtos tos das empresas na China.

Em relatório, o Credit Suisse, afirmou que o acordo pode resultar em desembolso de caixa pela mineradora, o que iria contra a estratégia de diminuir a alavancagem. Para Álvaro Bandeira, economista-chefe da Modalmais Home Broker, no entanto,essa parceria pode trazer resultados positivos para a empresa brasileira. “Eu particularmente acho positiva, já que abre um novo mercado para a Vale.” Bandeira chama a atenção para o atual patamar do minério de ferro, já que há uma sensação de que os preços não vão se sustentar. “A cotação subiu muito entre a mínima atingida no ano pasça cerca de 70% desde que atingiu o patamar mais baixo em mais de uma década, de US$37 a tonelada, em 11 de dezembro.

Veja matéria na integra no Jornal O Estado de São Paulo de 09/03/2016