Investir no mercado de renda variável é uma alternativa para quem já identificou que, há um bom tempo, a renda fixa tem oferecido opções de investimento cada vez menos rentáveis.

Nesse contexto, é importante ressaltar que, além da entrada massiva de novos investidores na Bolsa de Valores, novas empresas também ingressaram no mercado de renda variável.

Dentre as que abriram capital em 2021 e possibilitaram a negociação de suas ações no mercado secundário, está o Grupo Modal, do qual faz parte o modalmais.

Pensando nisso, preparamos este artigo, onde mostraremos tudo o que você precisa saber sobre a empresa, desde a sua fundação, mercado de atuação e como investir nela. Acompanhe!

 

Sobre o Grupo Modal

O Grupo Modal atua há mais de 25 anos no mercado financeiro. Mais especificamente, em 1996, o Banco Modal iniciou suas atividades como banco de investimentos. Com o crescimento em grande escala, com o passar dos anos, o grupo viu a importância de levar o universo dos investimentos para o mercado de varejo.

Com essa ideia em mente, em 2015, o Banco Modal criou um canal de investimentos para atender clientes de varejo, o Home Broker Modalmais, que passou a ser chamado, posteriormente, de modalmais.

Ainda atentos às necessidades e objetivos de seus clientes, em 2018, o modalmais foi pioneiro no lançamento de um banco digital de investimentos, passando assim a combinar a oferta de produtos e serviços bancários a produtos de investimentos.

E desde então, o modalmais não parou de inovar: em 2020 aconteceu o lançamento do cartão de crédito do banco digital, com tecnologia Motion Code – uma exclusividade dentre todos os países da América Latina. Mas o evento mais aguardado aconteceu em abril de 2021, com o lançamento de IPO da empresa. Com isso, o Banco Modal estreou na B3 sob o código MODL11.

 

Como encontrar a companhia na Bolsa de Valores?

Na Bolsa de Valores brasileira, o capital social do Banco Modal é negociado sob o formato de units, com o código MODL11. Cada unit é composta por uma ação ordinária e dois recibos de subscrição representativos de duas ações preferenciais, que serão convertidos em ações preferenciais após a homologação do aumento do capital social do moldamais, pelo Banco Central do Brasil.

As negociações também ocorrem sob o código MODL11F, sendo a letra “F” um indicativo de que se trata do mercado fracionário – uma modalidade que permite a negociação de papéis em quantidades inferiores (entre 1 e 99 ações) ao do lote padrão, que é de múltiplos de 100 papéis.

 

Distribuição de proventos de MODL11

Assim como ocorre com outras companhias que têm as suas ações negociadas na Bolsa de Valores, o Banco Modal também deve distribuir seus lucros por meio do pagamento de dividendos ou de juros sobre o capital próprio (JCP).

Assim, todo acionista da companhia que tenha adquirido e mantido os papéis até determinada data, tem direito a receber a distribuição de lucros realizada pela empresa.

Recentemente, por exemplo, em julho deste ano, a empresa anunciou, por meio de aviso aos acionistas, o pagamento de quase R$ 15 milhões em JCP.

O valor pago em proventos por cada unit, após dedução de IR, foi o equivalente a R$ 0,054315, sendo R$ 0,018105 por ação ordinária e preferencial.

 

Quem pode investir nas units do Banco Modal?

Basicamente, qualquer pessoa pode aplicar parte do seu capital em uma empresa que tem ações negociadas na Bolsa de Valores. Entretanto, é importante avaliar alguns pontos.

perfil de investidor é o principal deles. Ativos como ações e units fazem parte de uma classe negociada no mercado de renda variável. Eles recebem essa nomenclatura pois é impossível determinar se vão proporcionar algum tipo de rentabilidade.

Por isso, antes de fazer a compra de ativos dessa ou de qualquer outra companhia, é muito importante que você analise o seu perfil de investidor e nível de aceitação ao risco sobre seus investimentos.

Assim, considerando o mercado de atuação de MODL11 e os diferentes perfis de investidor, é possível concluir que o perfil arrojado é o mais indicado para negociação desses ativos, visto que esse investidor não vê problema em expor seus investimentos a maiores riscos – se compararmos ao dos títulos de renda fixa, por exemplo – em troca da possibilidade de obter maiores rentabilidades.

Além disso, é importante que você, como investidor, tenha objetivos financeiros e uma estratégia de investimentos muito bem alinhados.

 

Quais são os passos para investir em MODL11?

Investir em units do Banco Modal ou em qualquer outra ação, é muito simples. Confira, a seguir, o passo a passo completo que preparamos para você.

Inicialmente, é necessário ter a intermediação de uma instituição de investimentos devidamente habilitada para tais negociações. Para tanto, abra uma conta na corretora ou no banco digital de investimentos – como o modalmais – de sua escolha.

Feito isso, envie recursos para a instituição por meio do Pix ou TED. Depois, basta acessar o home broker ou escolher a plataforma de negociação de sua preferência. Nela, digite o código do ativo, que, nesse caso é MODL11, a quantidade desejada para a compra e, por fim, envie a ordem.

A partir do momento que a ordem de compra é efetivada e o investimento concluído, você passa a ser acionista da empresa. Por isso, é importante acompanhar, constantemente, o desempenho dela, as notícias do mercado financeiro e as oscilações que acontecem nas ações das empresas que você adquiriu, na Bolsa de Valores.

Podemos concluir que o investimento em ações do Banco Modal, pode ser uma excelente alternativa para diversificar as suas aplicações. Agora que tem mais detalhes sobre essa companhia, você pode ter mais tranquilidade para fazer a aplicação.

 

Gostou deste artigo e quer saber mais sobre investimentos? Então assine nossa newsletter gratuita e não perca mais nenhum novo conteúdo.